Tabela de ganho de peso na gestação gemelar

Veja como funciona a tabela de ganho de peso na gestação gemelar a seguir:

O peso da gestante é um assunto muito peculiar. Embora exista um padrão e uma tabela para o acompanhamento, as gestantes costumam ganhar peso de forma única.

Em virtude de todas as mudanças que ocorrem no corpo e na mente das grávidas – como trabalho em excesso, pouco (ou muito) exercício físico, estresse, ansiedade, enjoos, desejos – o peso da gestante tende a oscilar e não ser o mesmo para todas as mulheres.

“Funciona assim: quanto mais magra a mulher é, mais ela deve ganhar peso na gravidez e quanto mais peso ela tiver, menos deve engordar, mas, nem sempre isso ocorre naturalmente”, explica o Mestre e Doutor em Ginecologia e Obstetrícia pela Unicamp-SP, Luis Paulo Wolff. “Mais importante que o peso, é o desenvolvimento da gravidez. Mesmo assim, é preciso atentar-se para que não ocorra o sobrepeso ou o baixo peso.”

Foto: Mjakmama24

Foto: Mjakmama24

Consequências do baixo ou do sobrepeso na gestação

Segundo o Dr. Wolf, o controle de peso durante a gestação única ou gemelar evita diversas complicações. O sobrepeso pode acarretar doenças como o diabetes gestacional, a pré-eclâmpsia ou algum tipo de distócia (dificuldades na evolução de um trabalho de parto, trazendo riscos para a mãe e/ou para o feto).

“Por outro lado, o baixo peso pode contribuir para descolamentos de placenta, desnutrição e quadros anêmicos”, ressalta o doutor.

Leia mais: 7 Truques para não engordar muito na gravidez

No geral, as grávidas engordam entre 10 e 15 quilos durante a gestação de um único bebê e até 20 quilos, no caso de gestação gemelar. O ideal é que as gestantes engordem o suficiente para manter os bebês saudáveis e bem alimentados.

Gravidez gemelar

Livestrong

Livestrong

Numa gravidez de gêmeos ou de mais bebês, geralmente, os sintomas como enjoo ou vômitos costumam acontecer com mais frequência, em virtude do alto nível de hormônios da reprodução como o Beta HCG e a Progesterona (responsáveis pelas transformações no corpo feminino).

No último trimestre também é comum que o peso da barriga afete os músculos, provocando dores nas costas. Além disso, esse tipo de gestação costuma durar um pouco menos que a gestação de um único feto, podendo ocorrer partos prematuros. Isto é, antes das 37 semanas. Em média, 50% das gestações múltiplas acontecem antes das 40 semanas.

Numa gestação gemelar, se o IMC (Índice de Massa Corpórea) da mulher estiver entre 19.8 e 26.0 kg/m², ela deve ganhar um total de 12 a 20 kg ao longo da gestação.

Tabela de ganho de peso na gestação gemelar e de único feto:

tabela de ganho de peso de gemeos gestacao gemelar

Não existe um peso específico para todas as grávidas, mas é fundamental que a gestante mantenha uma alimentação equilibrada e sempre converse com seu obstetra para saber se o seu peso é o ideal para o período da sua gravidez e esteja de acordo com a tabela de ganho de peso na gestação gemelar.