39 semanas de gravidez: o que acontece?

A gestante deve estar atenta a sintomas atípicos nesses últimos dias, pois eles podem ser um indicativo de que algo não está bem


Com o parto a se realizar a qualquer momento, é normal a gestante estar extremamente ansiosa e nervosa nas 39 semanas de gravidez. Pode ter a impressão de que as últimas semanas parecem mais extensas que as demais, mas essa impressão deve-se ao fato de pensar constantemente no nascimento do bebê.

Além da parte emocional, o corpo também já está cansado, principalmente pelo peso da barriga, pois qualquer pequena caminhada demandam esforço e tendem inchar ainda mais os pés e as pernas. É muito importante a mulher ingerir muito líquido nos últimos dias, pois é uma forma de tentar controlar o inchaço excessivo e manter uma boa quantidade de líquido amniótico no útero.

No último mês de gestação, é normal que as consultas do pré-natal sejam realizadas semanalmente, para que o médico avalie se já é percebida alguma dilatação, verifique a pressão arterial da gestante, a fim de evitar uma pré-eclâmpsia e, se necessário, também solicite exames para conferir o estado de saúde do bebê, como os batimentos cardíacos, crescimento e quantidade de líquido amniótico.

   
39 semanas de gestação sintomas
Chegamos nas 39 semanas. O bebê está chegando!

Sangramentos, dores intensas e perda de líquido são sinais que devem ser levados em conta, portanto, o ideal é procurar um médico o mais rápido possível.

Apesar de haver o mito da ruptura total da bolsa e essa anunciar o início do parto imediatamente, na prática, isso acontece com a minoria das mulheres. Geralmente, o líquido se esvai aos poucos, já que o bebê serve com um tampão, evitando assim a perda brusca do líquido amniótico. Por isso, convém que a gestante esteja atenta a esse sinal, pois a ruptura da bolsa é um sinal de que o parto se iniciará nas próximas horas, além de haver a preocupação da quantidade do líquido ser insuficiente para a estabilidade do bebê e fazê-lo entrar em sofrimento fetal.

Nesses casos, o ginecologista e obstetra deverá avaliar a melhor solução caso o parto não se inicie dentro do prazo esperado, se poderá induzir o parto normal ou se é mais seguro realizar uma cesariana.

Receba notícias do Gestação Bebê. É grátis!

messengerFacebook Messenger

Tudo sobre gravidez e filhos pelo chatbot do Gestação para o Facebook Messengergestação botao

39 semanas de gravidez: o que acontece?

39 semanas de gravidez corrimento branco

O bebê, nas 39 semanas de gravidez, está completamente formado e pronto para nascer; é uma criança a termo (não é mais prematura). Esses últimos dias servem apenas para que ele adquira mais peso e tamanho, apesar de ter medidas muito satisfatórias para o nascimento.

Apesar de geralmente os meninos serem ligeiramente maiores que as meninas, a média de peso nessa semana é de 3200g e os bebês medem cerca de 48 – 52cm. Todos os órgãos do bebê estão funcionando plenamente, com exceção dos pulmões, que estarão completamente amadurecidos alguns instantes após o nascimento, quando a criança começar de fato a realizar todo o processo respiratório.



39 semanas Sinais de Trabalho de Parto
Foto: Pond5

Nessa fase, espera-se que a criança já esteja em posição cefálica, ou seja, já esteja de cabeça para baixo, o que facilita o parto normal. Ainda há a possibilidade de ele virar e se encaixar na posição correta no momento do parto, mas como já quase não há espaço no útero, pode ser que encontre dificuldades para virar completamente. No ultrassom é possível verificar a posição do bebê e assim determinar o melhor tipo de parto.

39 semanas de gravidez são quantos meses?

Nas 39 semanas de gravidez, a mulher se encontra no nono mês de gestação. Apesar do parto acontecer a qualquer momento, existem casos de partos que ocorrem até o início da 42ª semana de gravidez.

39 semanas de gestação barriga dura
Foto: Etsy

Corrimento branco é comum com trinta e nove semanas?

Caso o corrimento não possua cheiro, é provável que seja apenas secreção vaginal, visto que nas últimas semanas os hormônios aumentam em grande quantidade do corpo da gestante e sirvam como uma espécie de lubrificação preparatória para o parto.

Caso o corrimento cause coceira, ardência, possua odor ou venha acompanhado de secreção de outra cor ou sangramento, deve-se procurar um hospital com brevidade, pois nesse caso sim poderá ser um sinal de infecção ou doença que deverá ser tratada, se possível, antes do parto, evitando assim qualquer tipo de transmissão para o bebê.

39 semanas de gravidez: o que acontece?
4 (80%) 1 vote

- Publicidade -

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*