Gestação de 31 a 32 semanas – Sintomas, peso

O terceiro trimestre marca a última etapa da gestação.

Aqui, a futura mamãe já está ansiosa para ter seu bebê nos braços e conhecer seu rostinho, porém ainda é preciso esperar. Além disso, a mulher não pode descuidar, deve continuar tomando cuidado e seguindo as orientações médicas para que tudo continue bem até o dia do parto.

Semana 31: Qual o peso do bebê?

O bebê, na semana 31, já mede cerca de 43 centímetros, sendo que da cabeça ao bumbum seu tamanho é de 28 centímetros. Ele também está ganhando peso, e pesa mais ou menos 1,5 kg neste período.

O nascimento deve ocorrer em nove semanas, e neste tempo o bebê não deve crescer muito, mas ganhará peso – um quilo em um mês.

Ainda é possível perceber os movimentos do bebê, mas eles estão se tornando cada vez mais raros, já que não há mais espaço suficiente para isso no útero.

A dificuldade para respirar pode ter aumentado consideravelmente agora, já que a barriga crescida pressiona o diafragma. Porém, isso deve melhorar em breve, já que no final da gravidez o bebê desce na região da pélvis, e os pulmões voltam a ter “mais espaço”.

Com o parto se aproximando, a mulher deve pensar em situações práticas que terá de enfrentar. Como ficará cada vez mais cansativo ficar longos períodos em pé, é bom que o enxoval do bebê já fique comprado e organizado. Caso a mãe decida contratar uma babá para ajudá-la, o momento é agora. Se for contar com o apoio de um familiar, já deixe tudo combinado.

Semana 32: Principais sintomas

Da última semana pra cá, o bebê deve ganhar cerca de 300 gramas. Seus membros estão ganhando forma e adquirindo as proporções adequadas em relação ao corpo e cabeça. Os órgãos também estão caminhando para a maturidade, e o bebê começa a formar seus depósitos de ferro e ouros minerais, que o acompanharão durante os primeiros meses de vida.

O crescimento do útero pode causar inchaço e varizes, e para melhorar a circulação a mulher deve contar com meias elásticas . Caso apareçam também hemorroidas, procure um médico para evitar que elas causem dor.