Desenvolvimento do bebê na barriga da mãe

Após a fecundação, muitas mudanças acontecem com o corpo da mulher e também com o bebê, que passa a crescer e se desenvolver dentro do útero. A mulher, em uma gestação que dura 280 dias ou 40 semanas, tem dentro de si um novo ser que se em breve chegará ao mundo.

Os nove meses de espera e gestação que se seguem, são marcados pelos seguintes eventos:

Principais marcos do desenvolvimento do bebê:

  • Fecundação: a fecundação caracteriza-se pelo encontro dos espermatozóides com o óvulo. Logo em seguida, o óvulo fecundado segue para o útero onde irá se fixar para dar origem ao bebê;
  • 4ª semana: os sintomas da gravidez ainda são tímidos, mas podem ocorrer. Os mais comuns são seios doloridos e inchados, sonolência e enjôo. Aqui o embrião é muito pequeno, medindo cerca de 1 mm. Ao final da quarta semana ela já terá sistema nervoso e intestino primitivo.
  • 8ª semana: o embrião mede agora cerca de 20 mm, e já possui um esqueleto de cartilagem, sangue circulando, músculos faciais, braços e pernas se formando. Os movimentos podem começar agora, mas ainda não serão sentidos pela mulher. Com o crescimento do útero, outro possível sintoma é a cólica, parecida com a menstrual.
  • 12ª semana: os dedos das mãos começam a ganhar formato, bem como as unhas. Os sintomas desagradáveis, como azia e ânsia, diminuem. A barriga começa a crescer lentamente, e a vontade de urinar também cresce devido ao aumento do útero;
  • 16ª semana: o esqueleto agora já é formado por osso, e a maioria dos órgãos já se formou, precisando agora se desenvolver. O sexo do bebê já pode ser definido.
  • 20ª semana: os movimentos do bebê podem ser sentidos agora, e ele também escuta a voz da mãe bem como seus batimentos cardíacos.
  • 24ª a 28ª semanas: a barriga da mulher já está bem crescida, o que pode causar desconforto e dores nas costas, além de dificuldade para respirar. A digestão também fica mais lenta e pode haver azia;
  • 32ª semana: os ossos do bebê se fortalecem, e ele ganha peso. Os movimentos do pequeno diminuem pois já não existe mais tanto espaço para isso dentro do útero;
  • 36ª semana: os pulmões preparam-se para o ar do lado de fora, e a maioria dos bebês já está posicionada com a cabeça para baixo;
  • 40ª semana: os pulmões e intestino já estão completamente desenvolvidos, bem como o órgãos sexuais. O nascimento pode ocorrer a qualquer momento.

Acompanhe nessa apresentação em 3D como se dá o processo de desenvolvimento do bebê:




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*