O que o bebê sente dentro da barriga da mãe?

You are currently viewing O que o bebê sente dentro da barriga da mãe?
Foto: Babycenter

Fique por dentro de tudo o que o bebê sente dentro da barriga da mãe e tire  suas dúvidas sobre o assunto nessa matéria especial com imagens em 3D a seguir.

Quanto mais avançada a gravidez, mais sensações o bebê vai tendo dentro da barriga da mãe.

Desde sons e movimentos até sentimentos e angústias, a ligação entre mãe e feto está muito além de simplesmente uma bolsa dentro da barriga.

Em linhas gerais, o bebê começa a reagir aos estímulos por volta de 20 semanas, basicamente a sons, mas o início exato dessas sensações ainda é muito incerto, pontua o Dr. Renato Sá, diretor do centro de diagnósticos do Grupo Perinatal:

“Existem algumas pesquisas usando ultrassom 4D que tentam desvendar este mistério. Eles fazem estímulos diferentes e veem como o bebê reage. Se nós soubéssemos a partir de quanto tempo de gestação o bebê já consegue sentir estímulos externos,  com certeza seria mais fácil fazer alguns diagnósticos ainda dentro do útero”.

Veja 23 imagens de bebês antes e depois do ultrassom 3D

Foto: Bfiultrasound
Foto: Bfiultrasound

Já a Dr.ª Paula Bortolai, médica do IPGO – Centro de Reprodução Humana, conta que com o avanço da ultrassonografia e da medicina fetal é possível perceber que o feto intra-útero responde a uma série de estímulos sonoros, visuais e táteis com alteração da sua movimentação e batimentos cardíacos.

“A maior parte do tempo o feto dorme, dividindo este tempo entre um sono mais profundo ou mais leve (quando se movimenta, deglute, etc.). No restante do tempo, a interação mãe-filho é muito forte, acreditando-se que o feto possa sentir quando a mãe está angustiada, depressiva ou feliz por meio da liberação de substâncias (hormônios do stress, endorfina) carregadas pelo sangue através do cordão umbilical”, explica a Dra.

O que o bebê pode sentir dentro da barriga da mãe?

Como o som se propaga bem no líquido, o bebê consegue ouvir. Obviamente as sensações agradáveis para a mãe também acabam sendo boas para o feto, afinal ,amor e carinho nunca incomodam.

Mas o Dr. Renato Sá avisa que qualquer informação quanto a estímulos e sensações para o bebê é especulação e não há como mensurar.

Dentre as sensações que o bebê sente dentro da barriga da mãe, algumas são aceitas pela comunidade médica de acordo com o tempo de gestação.

Quem as enumera é a Dr.ª Paula Bortolai:

O que o bebê sente dentro da barriga da mãe a cada semana

14ª semana

As papilas gustativas estão formadas e se observa alteração no ritmo da deglutição do líquido amniótico conforme a mãe ingere algo doce, salgado ou azedo.

Nesta fase, o bebê também pode soluçar (não incomoda o bebê, é apenas uma preparação para respiração).

Foto: Babycenter
Foto: Babycenter

16ª semana

O tato do bebê está desenvolvido e nesta fase já consegue sentir o contato com o mundo exterior através do líquido amniótico.

Foto: Babycenter
Foto: Babycenter

17ª semana

O sistema de equilíbrio do feto está formando e ele percebe quando a mãe agacha, levanta ou deita. (Gestação de 15 a 17 semanas – Sintomas, Características).

Foto: Babycenter
Foto: Babycenter

28ª semana

Está se formando um aparelho auditivo rudimentar, que ao redor das 28 semanas já está bem desenvolvido, podendo o feto reconhecer a voz da mãe e perceber os sons do ambiente

Veja ainda: músicas para ouvir na gravidez.

Por exemplo, aproximando uma buzina do útero materno nota-se uma aceleração nos batimentos cardíacos.

Melodias doces, por outro lado, podem acalmar o bebê. É nesta fase também que os movimentos fetais se tornam perceptíveis para a mãe.

Foto: Babycenter
Foto: Babycenter

30ª semanas

A visão está mais desenvolvida e o feto já percebe feixes de luz e a diferença entre o claro e escuro.

A visão só terminará seu desenvolvimento após os 5-6 meses de vida. O recém-nascido tem a visão turva e reconhece o rosto materno a uma distância menor que 20 cm.

Foto: Babycenter
Foto: Babycenter

O Dr. Renato Sá, diretor do centro de diagnósticos do Grupo Perinatal, ainda faz um alerta relevante.

“É fundamental ressaltar que as pesquisas estão evoluindo muito nesta área e uma coisa que é muito importante é que proporcionalmente o cérebro é o órgão que mais se desenvolve dentro do útero e menos se desenvolve depois do parto, isso comparado com outros órgãos. Portanto, fazendo uma correlação simples, qualquer estímulo excessivo em um órgão em formação é sempre perigoso. A sugestão, portanto, é evitar estímulos intensos sobre o bebê independente de qual seja a fonte”.

Equipe Gestação Bebê

A equipe de redatores do Gestação Bebê é formada por jornalistas e profissionais convidados de diversas áreas, como pediatria e psicologia.

Este post tem 8 comentários

  1. ludmila caetano delgado

    Gosto muito de saber coisa do bb

  2. Helena Henrique dos santos

    Eu gostei muito de poder tirar minha dúvidas

  3. lidiomara

    Eu goisto meuito de sabe soubre bb

  4. Thatiely

    Quero ver de quantos semana estou de gravides

  5. Rafaela Queiroz dos Santos

    Gostaria de receber mais informaçoes sobre a inseminao como o preço, como funciona etc

  6. Eliane

    Tenho muita colica de rim e na hora q estou com dor minha bebe mexe muito sera q ela sente dor tambem

  7. Eliane

    Sinto muita colica de rim quado estou com dor minha bebe se mexe muito sera q ela sente dor estou de 26 semanas

Deixe um comentário