O que o bebê sente dentro da barriga da mãe

Acompanhe o desenvolvimento do bebê dentro da barriga da mãe ao longo das semanas e veja como cada etapa do seu crescimento merece atenção especial.


Foto: Babycenter

Fique por dentro de tudo o que o bebê sente dentro da barriga da mãe e tire  suas dúvidas sobre o assunto nessa matéria especial com imagens em 3D a seguir.

Quanto mais avançada a gravidez, mais sensações o bebê vai tendo dentro da barriga da mãe. Desde sons e movimentos até sentimentos e angústias, a ligação entre mãe e feto está muito além de simplesmente uma bolsa dentro da barriga.

Em linhas gerais, o bebê começa a reagir aos estímulos por volta de 20 semanas, basicamente a sons, mas o início exato dessas sensações ainda é muito incerto, pontua o Dr. Renato Sá, diretor do centro de diagnósticos do Grupo Perinatal: “Existem algumas pesquisas usando ultrassom 4D que tentam desvendar este mistério. Eles fazem estímulos diferentes e veem como o bebê reage. Se nós soubéssemos a partir de quanto tempo de gestação o bebê já consegue sentir estímulos externos,  com certeza seria mais fácil fazer alguns diagnósticos ainda dentro do útero”. ( Veja 15 imagens de bebês antes e depois do ultrassom 3D).

   
Foto: Bfiultrasound
Foto: Bfiultrasound

Já a Dr.ª Paula Bortolai, médica do IPGO – Centro de Reprodução Humana, conta que com o avanço da ultrassonografia e da medicina fetal é possível perceber que o feto intra-útero responde a uma série de estímulos sonoros, visuais e táteis com alteração da sua movimentação e batimentos cardíacos.

“A maior parte do tempo o feto dorme, dividindo este tempo entre um sono mais profundo ou mais leve (quando se movimenta, deglute, etc.). No restante do tempo, a interação mãe-filho é muito forte, acreditando-se que o feto possa sentir quando a mãe está angustiada, depressiva ou feliz por meio da liberação de substâncias (hormônios do stress, endorfina) carregadas pelo sangue através do cordão umbilical”, explica.

O que o bebê pode sentir dentro da barriga da mãe?

Como o som se propaga bem no líquido, o bebê consegue ouvir. Obviamente as sensações agradáveis para a mãe também acabam sendo boas para o feto, afinal ,amor e carinho nunca incomodam. Mas o Dr. Renato Sá avisa que qualquer informação quanto a estímulos e sensações para o bebê é especulação e não há como mensurar.

Receba notícias do Gestação Bebê. É grátis!

messengerFacebook Messenger

Tudo sobre gravidez e filhos pelo chatbot do Gestação para o Facebook Messengergestação botao

Dentre as sensações que o bebê sente dentro da barriga da mãe, algumas são aceitas pela comunidade médica de acordo com o tempo de gestação. Quem as enumera é a Dr.ª Paula Bortolai:

O que o bebê sente dentro da barriga da mãe a cada semana:

14ª semana

As papilas gustativas estão formadas e se observa alteração no ritmo da deglutição do líquido amniótico conforme a mãe ingere algo doce, salgado ou azedo. Nesta fase, o bebê também pode soluçar (não incomoda o bebê, é apenas uma preparação para respiração).

Foto: Babycenter
Foto: Babycenter

16ª semana

O tato do bebê está desenvolvido e nesta fase já consegue sentir o contato com o mundo exterior através do líquido amniótico.

Foto: Babycenter
Foto: Babycenter

17ª semana

O sistema de equilíbrio do feto está formando e ele percebe quando a mãe agacha, levanta ou deita. (Gestação de 15 a 17 semanas – Sintomas, Características).



Foto: Babycenter
Foto: Babycenter

28ª semana

Está se formando um aparelho auditivo rudimentar, que ao redor das 28 semanas já está bem desenvolvido, podendo o feto reconhecer a voz da mãe e perceber os sons do ambiente (veja ainda: músicas para ouvir na gravidez). Por exemplo, aproximando uma buzina do útero materno nota-se uma aceleração nos batimentos cardíacos. Melodias doces, por outro lado, podem acalmar o bebê. É nesta fase também que os movimentos fetais se tornam perceptíveis para a mãe.

Foto: Babycenter
Foto: Babycenter

30ª semanas

A visão está mais desenvolvida e o feto já percebe feixes de luz e a diferença entre o claro e escuro. A visão só terminará seu desenvolvimento após os 5-6 meses de vida. O recém-nascido tem a visão turva e reconhece o rosto materno a uma distância menor que 20 cm.

Foto: Babycenter
Foto: Babycenter

O Dr. Renato Sá, diretor do centro de diagnósticos do Grupo Perinatal, ainda faz um alerta relevante: “É fundamental ressaltar que as pesquisas estão evoluindo muito nesta área e uma coisa que é muito importante é que proporcionalmente o cérebro é o órgão que mais se desenvolve dentro do útero e menos se desenvolve depois do parto, isso comparado com outros órgãos. Portanto, fazendo uma correlação simples, qualquer estímulo excessivo em um órgão em formação é sempre perigoso. A sugestão, portanto, é evitar estímulos intensos sobre o bebê independente de qual seja a fonte”.

O que o bebê sente dentro da barriga da mãe
Avalie esta matéria!

- Publicidade -

- Publicidade -

8 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*