Viagem em alto mar durante a gestação

Qual é a mulher que não sonha em fazer uma linda viagem de navio, conhecendo e explorando novos lugares de uma perspectiva única? Pois é, com certeza a maioria adoraria. Mas, quando a mulher está gravida é necessário avaliar com cuidado a situação. Afinal, as viagens de navio costumam ser longas e neste período existem algumas restrições e recomendações que devem ser seguidas.

Gravidas podem viajar de navio?

Sim, as gestantes podem viajar de navio, mas existem algumas restrições. Mulheres que possuem gravidez de risco e gestantes com mais de 40 anos não devem viajar de navio. Isso porque o risco de aborto e outras complicações é grande, e elas não vão encontrar o suporte adequado em uma viagem de navio. Segundo os especialistas, o problema não está na questão de viajar da navio, e sim nas complicações que podem ocorrer durante a viagem e a consequente dificuldade de atendimento adequado e especifico. Por isso, a gestante deve pensar bastante no assunto e decidir se vale a pena correr riscos e realizar a viagem neste momento da vida.

Leia ainda: Separação durante a gestação

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Atestado médico

Em algumas viagens é obrigatório que a mulher apresente um atestado de seu médico dizendo se ela está ou não apta a viajar e dando detalhes sobre a gestação.

O que dizem as companhias de navio

De maneira geral, as companhias de viagem de navio não permitem que mulheres gravidas de 24 semanas, ou seis meses, embarquem.

Recomendações importantes

As mulheres que receberem permissão médica para viajar de navio devem seguir algumas recomendações para uma viagem segura e tranquila. Elas devem levar remédios para combater náuseas, enjoos, dores, prisão de ventre, azia dentre outros. As viagens de navio podem acentuar estes sintomas já presentes na gravidez, por isso é importante que estejam prevenidas.