Quem tem lúpus pode engravidar?

Por um longo tempo, a medicina acreditou que mulheres com lúpus não poderiam engravidar. No entanto, ela evoluiu e isso mudou, pois percebeu-se que é sim possível levar uma gestação. Apesar de não existir mais a proibição, a gravidez precisa ser bem planejada e acompanhada de perto por um médico para que os riscos sejam minimizados.

Quando a gestação pode ocorrer?
A gestação de uma mulher com lúpus só deve acontecer quando a doença estiver totalmente controlada há um período mínimo de seis meses, esta é a recomendação da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR). Antes de iniciar as tentativas, é preciso consultar um médico reumatologista para orientações, já que existem alguns medicamentos utilizados para o lúpus que não devem ser ingeridos durante a gestação.

Leia ainda: O que fazer quando a acriança engole uma moeda?

Foto: p2.trrsf.

Foto: p2.trrsf.


Riscos
A gestação de uma mulher com lúpus tem alguns riscos. Os principais são o aborto ou o parto prematuro. O bebê pode ainda nascer com peso abaixo do recomendado.

Acompanhamento pré-natal e pós-parto
Se em qualquer gestação o acompanhamento pré-natal já se faz necessário, ele é ainda mais importante na gestação de mulher com lúpus. Nestas casos, o acompanhamento deve continuar após o nascimento do bebê, inclusive para saber quais medicamentos podem ser usados durante o período de amamentação.

Bloqueio cardíaco
O bloqueio cardíaco é um problema que pode acontecer com os bebês ainda dentro do útero materno da mulher com lúpus. O que ocorre é que o coração da criança passa a bater mais devagar. Bloqueio ocorre devido a presença de um anticorpo especifico no sangue da mãe, que passa pela placenta e chega ao pequeno. O ponto positivo é que a maioria dos bebês nasce sem nenhum problema.
A lúpus neonatal também pode ocorrer por conta desse anticorpo. Porém, as manchas tendem a sumir com o tempo.


  • Add Your Comment

    *