Quando sentimos os primeiros movimentos do bebê na barriga?

Quando descobre a gravidez, a futura mamãe já começa a desejar uma coisa: sentir seu bebê mexendo dentro da barriga. Essa vontade é mais intensa quando trata-se da primeira gestação. É a maneira de realmente senti-lo, de saber que está se desenvolvendo e crescendo normalmente. No entanto, pode ser que esse desejo ainda tenha que esperar um pouquinho.

Os primeiros movimentos do bebê começam cedo

Os primeiros movimentos do bebê acontecem por volta da 10ª semana. Antes disso até já existiam movimentos, mas agora o esboço de bracinhos e pernas já existe e permite que o feto se mexa mais. As gestantes, porém, não sentem nada. É que ainda há pouco líquido amniótico no útero e o bebê ainda é muito pequenino, com cerca de 2,5 centímetros e 3 gramas.

Leia ainda: Noiva gravida, tudo que você tem que saber

Foto: canalgravidez.

Foto: canalgravidez.

Agora é possível sentir

A gestante começa a sentir os primeiros movimentos do bebê por volta da 18ª e 20ª semanas. Nesse período, o bebê já tem 18 centímetros e pesa meio quilo, mais ou menos. No início, os movimentos são suaves e a percepção é mais do deslocamento do líquido amniótico do que os dos movimentos em si. É somente depois de três ou quatro semanas que a gestante pode realmente sentir os movimentos: socos, chutes e até mesmo cabeçadas na parede do útero.

Demorando para perceber

É muito comum que as gestantes demorem a perceber os primeiros movimentos do bebê dentro do útero. Isso porque elas podem confundir com gases e roncos do estômago. Já nas próximas gestações, tudo pode tornar-se mais fácil de ser percebido.

Mulheres grávidas acima do peso também podem sentir essa dificuldade, causada pelo excesso de gordura no abdome.

Atenção aos movimentos

As mães devem estar atentas aos movimentos depois que eles começarem. É que a interrupção brusca pode significar que há algo errado com o bebê.