Quando o bebê começa a segurar as coisas?

O momento em que o bebê começa a segurar objetos pode ser considerado um marco em seu desenvolvimento. É que este é o primeiro passo para que ele conquiste autonomia e possa realizar as mais diversas tarefas, como comer sozinho, desenhar, se lavar no banho, se vestir, escovar os dentes. Veja só quando e como isso acontece:

A capacidade de segurar objetos

O bebê começa o processo de tentar segurar objetos aos três meses de idade, mas é somente por volta de seu primeiro ano de vida que consegue desenvolver a coordenação motora e a firmeza necessárias. No entanto, a evolução acontece mês a mês.

Leia ainda: É possível engravidar depois da abdominoplastia?

Foto: primeiropassobarretos.

Foto: primeiropassobarretos.

O processo

O bebê recém-nascido é capaz de segurar, instintivamente e de forma involuntária, os dedos dos adultos de forma bem apertada em suas mãozinhas. É quase um reflexo. Quem nunca teve os dedos agarrados ao visitar um pequenino? Nos primeiros meses, as mãozinhas das crianças ficarão sempre fechadas para depois se abrirem numa tentativa de já começar a tocar os objetos.

Aos três meses de idade, o bebê já toca e bate em seus brinquedos, tentando segurá-los. O mais aconselhável é oferecer brinquedos que não machuquem, como bichinhos de pelúcia. É aqui também que eles adoram tocar nos objetos pendurados sobre o berço para distraí-los.

Entre os quatro e os oito meses o bebê torna-se capaz de segurar grandes objetos. Objetos pequenos ainda não são possíveis porque falta desenvolver a destreza dos dedos.

Com a ameaça do nascimento do primeiro dentinho, o bebê vai começar a pegar objetos e a levá-los à boca na tentativa de amenizar o incomodo e a coceira. A partir daqui é que vai começar a segurar, com firmeza, objetos de todos os tamanhos.

Com um ano de idade

Com um ano de idade o bebê já consegue segurar objetos. Além disso, vai começar a passar objetos de uma mão para a outra. Entre os dois e três anos de idade ele já vai demostrar com qual das mãos tem mais habilidade e prefere segurar as coisas, se com a direita ou a esquerda.

Com a evolução da coordenação motora, os movimentos também vão se tornando mais precisos e a criança já pode pegar objetos menores, como pequenos grãos. Ele também vai conseguir se alimentar sozinho, segurando garfo e colher com firmeza.