Quando é possível descobrir o gênero do bebê?

Futuros pais e mães, avôs e avós, tios e tias, padrinhos e madrinhas: passada a empolgação da descoberta da gravidez, esta é a primeira coisa que todos querem saber. Palpites não faltam, nem desejos e adivinhações. Mas, até que os exames possam revelar com certeza o gênero do bebê, todos vão ter que segurar a curiosidade.

Ultrassom

Existem vários métodos capazes de revelar, uns mais outros menos eficazes e certeiros. O ultrassom é o mais popular de todos, além de ser o mais acessível também. Por meio do exame, os pais podem descobrir o gênero do bebê a partir da 15º semana.

Porém, é preciso torcer para que o pequeno não esteja com as perninhas fechadas. As imagens possibilitam ainda a análise médica do desenvolvimento geral do bebê e da formação de seus órgãos e tecidos.

Leia ainda: Perigos do mel para bebês até um ano

Foto: tratodigital.

Foto: tratodigital.

Exame de sangue

Um exame de sangue realizado a partir da 8ª semana de gestação promete 99% de eficácia para o resultado do gênero do bebê. Ele é feito em laboratórios mas não está disponível na rede pública de saúde.

Através da análise do plasma sanguíneo da mulher, verifica-se se há a presença de cromossomo Y, que determina o gênero masculino. O resultado sai em cinco dias. Porém, se a gestação for múltipla, o resultado pode não ser tão preciso. Neste caso, a presença do cromossomo Y vai indicar que pelo menos um dos bebês será menino.

Exame de urina

O exame de urina é feito com uma tecnologia que chegou a pouco no Brasil, então o preço pode ser alto. O teste não é feito em laboratório, e sim em casa, de maneira rápida e fácil: o resultado é revelado em 10 minutos e promete eficácia de 90%. Assim como o exame de sangue citado acima, o resultado pode não ser preciso em caso de gestação de gêmeos ou se a mulher estiver realizando tratamento com alguns hormônios.


  • Add Your Comment

    *