Quais são as chances de ter uma gestação múltipla?

Ter uma gestação múltipla e criar dois ou mais bebês juntinhos, todos com a mesma idade, passando simultaneamente pelas mesmas fases: este é o sonho de muitos casais. Por outro lado, há também aqueles que ficam arrepiados só de pensar no trabalho e na preocupação em dobro, triplo etc. No entanto, ter gêmeos, trigêmeos ou quadrigêmeos não é uma escolha da família. Outros fatores estão envolvidos. Veja a seguir como tudo isso de fato funciona:

O fator mais importante

O fator mais importante para determinar uma gestação múltipla de forma natural é a genética. Se existem casos de gêmeos na família, as possibilidades aumentam. Nestes casos, as mulheres possuem maior tendência para a ovulação dupla. Assim, dois ou mais óvulos podem ser fecundados de uma só vez.

Leia ainda: Grávidas podem comer qualquer tipo de peixe e frutos do mar?

Foto: ns.ws02.floripa.

Foto: ns.ws02.floripa.

Outros fatores para a gestação múltipla

Apesar de muito importante, o fator genético não é o único para determinar a gestação múltipla. Outros fatores são:

  • Idade da mulher: a idade influencia e muito. Mulheres que decidem engravidar entre os 35 e os 40 anos possuem chances muito maiores de ter gêmeos. Isso porque com o envelhecimento do corpo, mais hormônios são produzidos e há assim mais óvulos sendo produzidos de uma só vez;

  • Pilula anticoncepcional: esse fator não tem comprovação científica, mas tem sido observado que mulheres que engravidam após muitos anos tomando pílula anticoncepcional têm mais chances de ter gestação múltipla;

  • Estatura da mulher: ainda não se sabe o motivo, mas mulheres mais altas possuem cerca de 30% mais chances de ter gêmeos, trigêmeos etc.

Parto prematuro

Vale lembrar que a maioria dos partos de gêmeos é prematura. Quando falamos de trigêmeos, quase que todos os casos nascem antes do final da gestação. Por isso, eles acabam precisando de alguns cuidados especiais. Vale lembrar que a medicina evoluiu muito e que logo eles se recuperam e têm um desenvolvimento normal.