Processo de recuperação após o parto

You are currently viewing Processo de recuperação após o parto
Foto: einstein.

A gestação é um período de intensas mudanças para o corpo feminino. Com a chegada do parto, uma nova experiência, seja ele normal ou cesárea. Mesmo com o nascimento do bebê, o organismo demora para se recuperar e se recompor. Para a recuperação, alguns pontos são de extrema importância e fazem toda a diferença.

Recuperação pós-parto

Logo depois do parto, contrações uterinas podem começar a serem sentidas. Isso ocorre para que a mulher pare de sangrar. Elas podem durar alguns dias, mas vão gradualmente diminuindo de intensidade.

Enquanto amamenta seu bebê, a mulher pode também sentir dores. É que o estímulo do mamilo provoca a contração do útero. Com o passar dos dias, o tamanho do útero diminui e ele se acomoda na pélvis, atrás do osso público, em um processo chamado involução.

Foto: einstein.
Foto: einstein.

Incisões

Optando pelo parto normal ou pela cesárea, haverá incisão. No parto normal, um pequeno corte é feito para aumentar o espaço que o bebê terá para sair do corpo de sua mãe. Este corte, chamado episiotomia, pode ou não levar pontos, isso vai depender do procedimento de seu obstetra ou enfermeira. A recuperação é de alguns dias, e durante a primeira semana após o parto, pode haver dor. A higiene do local precisa ser realizada adequadamente para não haver infecção.

Na cesárea, a incisão será abdominal, que demora um pouco mais para que a mulher se recupere, de quatro a seis semanas. Se a cesárea não for programada e o parto normal for tentado antes, pode ser que haja ambas as incisões. Depois que o efeito da anestesia passar, você poderá sentir dor. Os analgésicos receitados no início podem causar muito cansaço e tontura.

Dicas para a recuperação

A higiene e o cuidado com os pontos evitam infecções. A alimentação saudável e equilibrada acelera o processo de recuperação, portanto não descuide.

Equipe Gestação Bebê

A equipe de redatores do Gestação Bebê é formada por jornalistas e profissionais convidados de diversas áreas, como pediatria e psicologia.

Deixe uma resposta