O que é bisfenol A? Faz mal para o bebê? Tire suas dúvidas

Ainda presente em algumas mamadeiras de qualidade duvidosa, o Bisfenol A, substância tóxica presente no plástico, é um perigo para os pequenos.

Afetando principalmente os bebês de até um ano, a substância cancerígena é responsável por aumentar os riscos de problemas endócrinos, causando alterações hormonais.

O que é bisfenol A? Faz mal para o bebê? Tire suas dúvidas

O Bisfenol A, também conhecido como BPA, é uma substância que se decompõe e passa para o alimento quando aquecido. Quando misturado com o sangue, comporta- se como um novo hormônio do organismo e pode causar disfunções graves ao metabolismo.

No Brasil a importação e fabricação de mamadeiras com Bisfenol A está proibida desde janeiro de 2012. A Anvisa informa que os produtos fabricados no Brasil não podem conter mais que 0,6 mg de bisfenol por quilograma de plástico – limite de segurança adotado também nos outros países do Mercosul.  A substância é muito utilizada na indústria pois é facilmente maleável, resiste ao calor e ao impacto.

bisfenol A

Antes de fazer a compra, é preciso conhecer o material em que a mamadeira é feita.

Para as mamães que optam por comprar mamadeiras importadas, veja a seguir algumas dicas importantes para evitar que seu bebê se contamine com o Bisfenol A (BPA):

  • Leia atentamente a embalagem dos alimentos industrializados antes de comprar, evite a presença do BPA no revestimento da mamadeira. 
  • Nunca aquecer a mamadeira com o composto de Bisfenol A no microondas.
  • Mamadeiras arranhadas ou quebradas devem ser jogadas fora.
  • Plásticos com BPA não devem ser levados ao freezer, o Bisfenol A é liberado com mais facilidade em ambientes resfriados.
  • Não utilize detergentes fortes, esponjas de aço e máquinas de lavar para a limpeza com as mamadeiras com o composto BPA.
bisfenol A na mamadeira

Foto: GettyImages

Produtos com BPA são facilmente identificados, o simbolo da reciclagem com o número 7 no interior do triângulo e as letras PC indicam a presença da substância nas embalagens plásticas.

Leia também: Conchas de amamentação – Para que serve, quando usar?

Lembre- se de ficar atenta aos rótulos e embalagens de plástico que são utilizados como recipientes para guardar os alimentos, pois estes também podem conter a substância tóxica do BPA.

Fique tranquilo

Apesar de nocivo, a maioria das marcas renomadas no Brasil  já  fabrica seus produtos seguindo as normas da Anvisa. Tome cuidado com produtos de procedência duvidosa, com preços muito abaixo de mercado ou aquelas importadas de países que não possuem essa regulamentação.