Incontinência urinária depois da gestação

You are currently viewing Incontinência urinária depois da gestação

A incontinência urinária é um problema que atinge muitas mulheres no pós-parto. Mas, por que ocorre? Muitas são as causas, e o fato é que o incomodo sentido pelas mulheres passa a ser grande. Veja a seguir o que fazer e se é possível evitar:

Incontinência urinária

A incontinência urinária ocorre quando não há controle sobre a urina que sai da uretra. Essa falta de controle pode ser total ou parcial.

Leia ainda: 20 nomes para bebês gêmeos masculinos

incontinencia-posparto

Incontinência urinária e parto normal

O parto normal pode causar incontinência urinária. Isso pode ocorrer quando o trabalho de parto é induzido, quando o parto é prolongado, se o bebê possuir mais de 4 quilos ou se forem utilizados, de forma inadequada, alguns equipamentos para ajudar no nascimento do bebê e eles causarem danos a órgãos internos. Outras causas são congestionamento da uretra e mudança da posição dos órgãos para acomodar o crescimento do útero. Com tudo isso, os músculos da região ficam flácidos e não conseguem segurar a urina.

Como prevenir o problema?

Sim, é possível prevenir. Os exercícios conhecidos como Kegel podem ajudar a fortalecer os músculos da uretra. Eles são muito simples, basta interromper o fluxo de urina enquanto estiver urinando. Segure por 30 segundos e depois termine de urinar. Faça isso sempre que for ao banheiro.

Outra técnica eficaz é programar idas ao banheiro, de hora em hora, mesmo que ainda não esteja com vontade.

O ideal é que a mulher comece a realizar os exercícios combinados nas oito semanas logo após o parto, período em que os músculos da região que foram envolvidos no parto precisam se recuperar. Se ambos forem feitos, logo os resultados positivos vão começar a aparecer.

Outras alternativas são a realização de fisioterapia especifica para o fortalecimento dos músculos da região e cirurgia.

Equipe Gestação Bebê

A equipe de redatores do Gestação Bebê é formada por jornalistas e profissionais convidados de diversas áreas, como pediatria e psicologia.

Deixe uma resposta