Gestante pode ir ao endocrinologista?

Uma consulta com endocrinologista durante a gestação pode fazer muito bem e ser muito esclarecedora para a mulher. Durante a gravidez, muitas são as mudanças sofridas, e muitas delas ocorre por causa da ação dos hormônios. Assim, visitar um endocrinologista é importante para conhecer as melhores maneiras de lidar com as transformações durante e também depois do parto.

Os especialistas

Os médicos especialistas em assuntos da gestação destacam a importância de visitar um endocrinologista na gestação. Segundo eles, cada mulher possui suas características metabólicas, nutricionais e fisiológicos, e a orientação do profissional torna a gestação mais tranquila para mamãe e bebê.

Quando a mulher possui hipotireoidismo ou hipertireoidismo e está acima do peso, é necessário fazer um acompanhamento com o endocrinologista.

Leia ainda: Como escolher o nome do meu filho ou filha?

448208

Principais mudanças hormonais na gestação

Muitos são os hormônios envolvidos na gestação, como a progesterona, a gonadotropina coriônica humana (Hcg), o estrogênio, o lactogênio placentário humano (Hpl) e a somatropina coriônica humana. Para que tudo corra bem, seus níveis precisam estar sempre adequados durante os nove meses.

Hipertireoidismo durante a gestação

O ideal é que a mulher com hipertireoidismo trate do problema antes da gestação. Mas se isso não for feito, nada de pânico. O endocrinologista deve ser consultado. Ele irá receitar as doses minimas de remédios antitireoidianos sem que isso prejudique o desenvolvimento do bebê. Nestes casos, além do acompanhamento durante toda a gestação, a mulher deve continuar visitando o endocrinologista após cerca de um ano após o nascimento do bebê.

Hipotireoidismo

O hipotireoidismo também precisa de acompanhamento. A mulher com o problema deve procurar o endocrinologista assim que souber da gestação para adequar as doses de seus remédios, tudo para que a medicação não prejudique o bebê. Os riscos para o feto são anemia, eclampsia, hemorragia pós-parto e parto prematuro.