Exercícios para fazer com o bebê

You are currently viewing Exercícios para fazer com o bebê

Toda mulher quer voltar à boa forma o mais rápido possível após a gestação. Mas não é fácil, já que os cuidados com bebê consomem muito tempo. Mas, e se você pudesse levá-lo e ainda fazer os exercícios junto com o pequeno? Bom, nesse caso tudo seria mais fácil, certo? Então veja mais detalhes a seguir, já que isso é possível:

Volte à forma com o bebê: exercícios

Escolha o local que for: seja na sala da sua casa, seja no quintal ou no parque. Leve uma toalha, pano ou caminha para colocar o bebê e deixa-lo confortável.

O primeiro passo é o alongamento. Mesmo que os exercícios sejam leves, é fundamental se alongar. Braços, pernas… Alongue cada parte do corpo por 15 segundos. Enquanto isso, não deixe de conversar com o bebê e de manter contato visual com ele.

Leia ainda: Tipos de fórmulas infantis: qual a mais indicada?

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Começando os exercícios, flexione os joelhos e abra um pouco os pés, na altura dos quadris. Em seguida segure o bebê e faça o movimento de trazê-lo até você, mas sem desgrudar o cotovelo do corpo. Faça três séries de 15, para trabalhar o músculo das costas.

No segundo exercício, coloque uma perna para frente, deixando o joelho na linha do calcanhar. A outra perna fica um pouco para traz, alinhada com o tronco. Nesta posição, desça e suba, mantendo o bebê abraçado a você. Faça três séries de 10. Ele vai adorar ficar perto da mãe.

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Para fortalecer os braços, flexão, mas em pé. Com a coluna reta. Dobre ligeiramente os joelhos e segure seu bebê, trazendo-o de baixo para cima, até a altura do queixo. Faça três séries de 10.

Por fim, agachamento. Mantenha a coluna reta, as pernas afastadas e abrace seu bebê. Três séries de 10. Não se esqueça de interagir com o bebê durante todos os exercícios.

 

 

Equipe Gestação Bebê

A equipe de redatores do Gestação Bebê é formada por jornalistas e profissionais convidados de diversas áreas, como pediatria e psicologia.

Deixe um comentário