Dicas para se manter bonita após a gestação

Depois do parto e os 02 primeiros meses do bebê, começamos a ficar preocupadas com a flacidez da barriga que foi adquirida devido o “esticamento” da pele para comportar o bebê.

Com este excesso de vaidade imposta a todas as pessoas, muitas vezes nos vemos fora dos padrões quando olhamos no espelho. Mas não venho aqui protestar contra a indústria da beleza, mas te mostrar que independente do que digam, você precisa sentir-se bem para que o seu bebê também se sinta bem.

Leia também: Como emagrecer rápido após a gravidez

Após as minhas 03 gestações fiquei incomodada com a pele que sobrava. Não vou agir com demagogia ao ponto de dizer que não me importava com o que via no espelho, nem dizer que a beleza interior era a única importante. Mas se pudermos aliar as duas situações, com certeza a auto estima será ainda mais elevada e até o marido será afetado por esta alegria.

Mantendo o corpo saudável pós-resguardo

Então, mãos à obra. Após a liberação do seu médico, aconselho iniciar com exercícios leves e localizados. Leves, porque você acabou de sair de um período onde seu corpo teve tempo (em média 40 semanas) para adaptar-se a carregar um bebê dentro e ganhar peso ao longo dos dias e também porque você ainda está amamentando e isto é suficiente para tomar suas forças ao longo dia, visto que a produção é 24 horas.

Foto: healthfitnss.com

Foto: healthfitnss.com

Cuidados com dietas pós gravidez

Portanto, vá com calma e não invista em dietas mirabolantes e restritivas. Cuide da alimentação, pois a fase de comer por dois já passou. Lembre-se que o único alimento do seu filho naquele momento provém somente de você.

Exercícios físicos recomendados após a gestação

Para iniciar é bom fazer uso das caminhadas, pois nela você poderá levar seu filho com você e aproveitar aqueles minutinhos de sol que todo bebê precisa tomar diariamente para ativar a vitamina D, importantíssima até a você. Após algumas semanas de constância nas caminhadas, indico exercícios de tonificação muscular. Eles te ajudarão no retorno gradual do seu abdômen e também você perceberá que as dores locais que eram fortes e constantes passam a diminuir e não incomodar com tanta frequência como antes. Por isso, é comum nos primeiros dias de início dos exercícios sentir um pouco de dor.

Amamentação para emagrecer?

A amamentação também é um excelente aliado na hora de perder o peso ganho na gestação e na retomada do abdômen. Isto porque amamentar a cada três horas leva a um gasto médio de 500 calorias ao dia, afirmam os especialistas. Este exercício maravilhoso também libera hormônios importantes na recuperação do corpo e da barriga de antes. Isso acontece porque ao amamentar ocorre a liberação de oxitocina, um hormônio que, entre outras importantes tarefas, ajuda o útero a voltar ao tamanho normal.

O cuidado deve vir desde a gravidez, mas se você for como eu, que ganha peso com facilidade e atingiu os 20 quilos acima do peso original, te aconselho a dedicar-se e ter paciência.

Tire um dia para arrumar o cabelo, maquiar-se, vestir uma bela roupa e curtir os olhares, pois seu novo corpo dependerá também de como você o trata.