Dicas para evitar que o leite empedre

You are currently viewing Dicas para evitar que o leite empedre
Foto: Myrtlebeachbirthservices

Amamentar é um ato de amor. Mas muitas vezes dói. Aquela sensação sublime ao dar o peito para o bebê pode, muitas vezes, não acontecer.

Isso porque muitas mulheres – cerca de 10% das mulheres que amamentam – sofrem com a mastite, mais conhecida como peito empedrado.

Mastite

Embora possa surgir em qualquer fase da amamentação, é bastante comum que o leite empedre na primeira semana de vida do bebê. A mastite é causada, na maioria das vezes, pelo esvaziamento incompleto das mamas, fazendo com que os seios fiquem duros e, principalmente, doloridos.

Foto: Myrtlebeachbirthservices
Foto: Myrtlebeachbirthservices

Nesses casos, a dor no momento da amamentação é intensa, e na maioria das vezes a mulher chega a ter febre acima de 38º, além de calafrios e sensação de grande cansaço.

Ao contrário do que muitas mulheres imaginam, a mastite não é causada por uma bactéria, mas sim pela entrada de leite dentro dos vasos sanguíneos do seio. Desta forma, o corpo feminino passa a tratar o leite como um “corpo estranho”, o que desencadeia uma inflamação que, se não tratada, pode sim se transformar em uma infecção.

Para evitar que o seu leite empedre, algumas regras bastante simples podem ser seguidas. Mas se nada funcionar, procure imediatamente o seu ginecologista, que poderá te orientar corretamente sobre o que fazer. Anote aí:

Foto: Intelligender
Foto: Intelligender
  • No momento da amamentação, sempre ofereça os dois seios ao bebê, e na mamada seguinte comece pelo lado onde ele terminou a última refeição. Desta forma, são grandes as chances das mamas ficarem esvaziadas.
  • O bebê precisa pegar o seio corretamente. Muitas mães pensam que o filho já nasce sabendo mamar, mas isso não é verdade. Ele precisa abocanhar toda aréola. Na dúvida, procure o banco de leite mais próximo. Eles são extremamente capacitados para ajudar você a amamentar corretamente.
  • Alimente-se bem: com a resistência baixa é muito mais fácil ter mastite.
  • Dê preferência aos sutiãs específicos para amamentação e suspensa o uso de meias-taça com suporte inferior do seio.

Leia também: Dicas para o bebê pegar a mamadeira rápido

  • Se o problema virar uma infecção, jamais tome antibióticos por conta própria. Eles podem prejudicar, e muito, o bebê. Somente o seu médico poderá indicar o medicamento apropriado para este momento tão importante e delicado da sua vida.
  • E não pare de amamentar. Mesmo que a dor seja forte a sucção do bebê pode ajudar a diminuir o problema, fazendo o leite circular. Ou seja: não dar o peito ao seu filho pode piorar ainda mais o problema.

Equipe Gestação Bebê

A equipe de redatores do Gestação Bebê é formada por jornalistas e profissionais convidados de diversas áreas, como pediatria e psicologia.

Este post tem 7 comentários

  1. claudia

    Utilizar pano morno em cima do peito ajuda bastante o leite sair e dá uma sensaçao de alívio enormeee, massagear o peito suavemente com óleo de massagem morno tmb ajuda

  2. Rubia

    Quanto mais calor pior. Passei por momentos de muita dor na ùltima gestação. Compressas frias e gelo é o correto no caso do empedramento juntamente com massagem para liberar o leite. Aprendi td isdo no banco de leite da maternidade com muito sofrimento.

  3. ediana

    Rubia. Eu perdi meu bebê e.estou com medo do.leite empedrar. Vc aprendeu isso tb? Sabe o que tenho que fazer?
    Minha cesariana foi terça agora.

  4. Flavia

    A Rubia esta certissima

  5. amanda

    Meu bebê está com 26 dias e nos primeiros dias tinha muito leite e estava com febre, fui recomendada a Colocar gelo e toalhas bem úmidas com água bem gelada alivia muito e o leite vai saindo sem precisar fazer nada a massagen estimula mais, a concha de amamentação é uma maravilhosa opção pois não deixa empedrar, quando o peito está cheio ele vai fazendo e fazendo bico a vantagem é que além de proteger o bico do seio ele serve como protetor para o leite não vazar

Deixe um comentário