Dicas para aliviar o medo do parto

Muitas mulheres se sentem inseguras e nutrem grande medo em relação ao momento do parto. Isso acontece principalmente com as mães de primeira viagem, que ainda não experimentaram a gestação anteriormente. Este medo geralmente se acumula a tantos outros, como as preocupações com a saúde do bebê, e podem acabar prejudicando a saúde emocional da mulher.

Leia ainda: Como congelar a papinha do bebê sem perder nutrientes

Antigas gerações

Parte do medo pode ser explicado pelo medo do novo e desconhecido. No entanto, parte do medo pode vir de relatos de outras mulheres da família, mais velhas, como mãe, tias e avós. Se elas viveram experiências traumáticas durante a chegada de seus bebês, podem acabar assustando com as histórias. Vale lembrar que a medicina evoluiu muito e que muitas técnicas utilizadas no passado já foram modernizadas, tudo para aliviar as dores e para garantir a saúde de mãe e bebê.

pregnant-woman-with-doctor

Foto: www.mommydocs.com.

Como lidar com o medo?

A melhor maneira de lidar com o medo é conhecendo os fatos como eles são. Confira a seguir quais são os principais medo femininos em relação ao parto:

  •  Dor: muitas mulheres têm medo da dor das contrações, da dor da anestesia, da dor do corte na barriga, das dores sentidas no pós-operatório. A dor pode até existir, mas às vezes é vista de forma exagerada. Vale lembrar que a anestesia garante que a mulher não sinta dor e também não perca sua força muscular.
  • Medo de cesarianas: as cesarianas devem ser feitas quando há a indicação médica. Apesar de maior risco de complicações, atualmente são extremamente seguras. Antes, muitas mulheres morriam durante o parto, mas atualmente a realidade é outra.

  • Mudanças no corpo: o corpo realmente passa por diversas mudanças durante a gestação, mas a mulher pode recuperar sua antiga forma e evitar, por exemplo, as estrias, de maneira muito fácil.