Cuidados com a gestante durante a viagem

You are currently viewing Cuidados com a gestante durante a viagem

Viajar é ótimo para relaxar, principalmente durante a gravidez, período de mudanças e expectativas. Mas, toda gravida precisa tomar alguns cuidados antes de sair para viajar. São detalhes que garantem a saúde e bem estar de mãe e bebê. Veja a seguir quais são estes cuidados e boa viagem!

Viagens de avião

As viagens de avião são permitidas se a mulher não tiver complicações ou risco e histórico de parto prematuro. Qual o melhor período para voar? Entre a 14ª e a 28ª semana. Isso porque no início da gravidez sintomas comuns como enjoos e tonturas podem tornar a viagem no mínimo desagradável. Já no meio da gravidez, estes sintomas iniciais já passaram e os incômodos do final ainda não chegaram, como dores nas costas, inchaços e dificuldade para encontrar uma posição confortável.

No entanto, no final da gestação é preciso evitar as viagens de avião para o caso de o bebê antecipar seu nascimento. Segundo os médicos, viagens depois da 30ª semana são permitidas, mas depois da 36ª não.

Para toda e qualquer viagem, valem algumas dicas importantes: vista roupas frescas e confortáveis (sapatos também) e leve uma bolsinha com remédios para dor de cabeça e enjoo.

Leia ainda: Escova dental ideal para bebês

Viagens de carro

Nas viagens de carro, é recomendado que a gestante não dirija por mais de seis horas seguidas. Além disso, se puder viajar sempre com um acompanhante é melhor. Programe paradas para que você possa ir ao banheiro e também dar uma caminhada para estimular a circulação sanguínea.

E lembre-se: use sempre o cinto de segurança, mesmo que ele tenha se tornado desconfortável.

viagem

Viagens para o exterior

Viagens para o exterior não oferecem riscos extras. Mas é fundamental que a gestante pesquise sobre o país de destino, inclusive se precisa tomar alguma vacina especial.

Equipe Gestação Bebê

A equipe de redatores do Gestação Bebê é formada por jornalistas e profissionais convidados de diversas áreas, como pediatria e psicologia.

Deixe uma resposta