Como saber se o bebê está com dor de garganta?

A dor de garganta é um problema comum, que pode atingir facilmente os bebês, principalmente em dias mais frios, quando a temperatura começa a baixar e o ventinho característico surge – especialmente pela manhã e aos finais de tarde. Mas, como notar a inflamação? Os pais precisam estar atentos a todos os sinais e comportamentos de seus filhos:

Como identificar a dor de garganta?

Um sinal sempre emitido pelo bebê quando ele está com dor de garganta é o choro. Porém, nem todo choro é sinal de garganta inflamada – ao contrário, já que o bebê utiliza o choro para expressar seus mais diversos sentimentos e vontades. Sendo assim, outros indícios de que há algo errado podem ser:

  • choro durante a alimentação (ainda que durante a amamentação), uma vez que o ato de engolir aumenta ainda mais o desconforto;
  • demorar mais tempo que o normal para fazer uma refeição;
  • perder o apetite e se recusar a comer;
  • Ficar irritado mais facilmente e estar rouco

 Leia ainda: Como enrolar o bebê no cueiro

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Como ter certeza?

No meio de sua avaliação, pense um pouco: existem outras crianças na casa que tiveram dor de garganta recentemente? E os adultos? Algum deles teve uma inflamação nos últimos dias? Se a resposta for si, são grandes as chances de o bebê estar mesmo sofrendo com o problema.

Não exite, leve ao médico

Se o bebê apresentar um ou mais dos sintomas descritos acima, leve-o ao médico, pois a demora pode aumentar ainda mais a dor e a inflamação. A maioria das inflamações de garganta é tratada facilmente e rapidamente pelos médicos, sem complicações.

Transmissão

Os bebês possuem ainda um sistema imunológico pouco resistente, por isso estão mais suscetíveis a ficarem com dor de garganta. A transmissão acontece quando há alguém com o problema, e se á pela inalação de gotas vindas de tosse ou espirro ou ainda do compartilhamento de talheres.