Como fazer soro caseiro: Receita completa

You are currently viewing Como fazer soro caseiro: Receita completa

Aprenda a seguir como fazer soro caseiro e preparar na medida certa.

O que é soro caseiro?

O soro caseiro é preparado à base de água, açúcar e sal, sendo usado para tratar e prevenir a desidratação em pacientes com diarreia ou vômito.

Seu é feito em qualquer idade, inclusive bebês. Mas atenção: o soro não deve ser oferecido a bebês que mamam apenas no peito.

soro caseiro copo americano
Nesse caso, os médicos recomendam que o bebê se mantenha hidratado apenas com o leite materno. (HowRid)

Benefícios do soro caseiro

O corpo perde uma grande quantidade de líquido em quadros de vômitos e/ou diarreia. Além de água, essa perda inclui vários sais minerais (eletrólitos), como o sódio, potássio e bicarbonato.

Para evitar que o paciente desenvolva graves alterações hidro eletrolíticas (como baixa de sódio e potássio na corrente sanguínea), a reposição deve conter água e também sais minerais, o que ocorre quando o soro caseiro é ingerido.

 Para que serve 

O soro caseiro age combatendo a desidratação, pois faz com que a água e os sais minerais que foram perdidos nos vômitos ou nas diarreias sejam repostos. Beber o soro não faz com que os sintomas desapareçam mais rápido, apenas vai fazer a reposição dos líquidos e sais minerais.

Veja também: Como desentupir o nariz do bebê: 5 dicas infalíveis

soro caseiro colher de sopa
Foto: Avant & aprés

 Como fazer soro caseiro : medidas corretas

Há duas maneiras de como fazer soro caseiro. É importante ter bastante cuidado no preparo dessa solução, pois um erro poderá provocar convulsões na criança desidratada.

Uma dica para usar as medidas corretamente é adquirir uma colher padrão, que é recomendada pela UNICEF e fornecida gratuitamente em postos de saúde e farmácias populares.

Receita para 1 litro de soro caseiro

-1 litro de água (a água de ser filtrada, fervida ou água mineral)
-1 colher de sopa de açúcarbem cheia (ou 2 colheres rasas), o que equivale a 20 g
-1 colher de café de sal (3,5 g)

Receita para 1 copo (200 ml) de soro caseiro

-1 copo (200 ml) de água (a água de ser filtrada, fervida ou água mineral)
-1 colher de chá de açúcar (ou 2 medidas rasas do lado maior da colher padrão)
-1 colher de café rasa de sal (ou 1 medida rasa do lado menor da colher padrão)

Misture bem os ingredientes, até que o açúcar e o sal se dissolvam. Ofereça pequenas quantidades à criança várias vezes no decorrer ao dia, para evitar que um reflexo de vômito seja estimulado pelo organismo.

O ideal é que a criança beba durante o dia a mesma quantidade de liquido que perdeu através da diarreia ou vômito. A quantidade de soro ingerido por vez não deve ultrapassar meio copo.

Onde guardar soro caseiro

O ideal é manter o soro na geladeira por até 24 horas. Caso seja necessário tomá-lo por mais de um dia, é preciso preparar outra receita.

Como preparar um soro caseiro para inalação

Misture água destilada (que é encontrada em farmácias) com um pouco de sal, até que fique com o sabor semelhante ao de lágrima. Se não tiver água destilada, utilize água mineral, que deve ser fervida para eliminar o cloro e o flúor (que podem provocar doenças se inalados).

Leia mais: Farmacinha do bebê – O que comprar

como fazer soro caseiro
Foto: EWG

Soro para diarreia: funciona mesmo?

Como o a capacidade de absorção da glicose e sais minerais pelo organismo é mantida mesmo com a diarreia, os componentes presentes no soro caseiro conseguem repor as perdas.

Porém, se o quadro de vômitos e diarreia persistirem por um tempo superior a 24 horas, é essencial consultar um médico para que ele possa avaliar a causa e indicar o tratamento mais adequado.

 Soro caseiro engorda?

A quantidade de açúcar usada no soro fisiológico não leva ao aumento de peso. Porém, se o seu uso for feito continuamente quando não há necessidade, pode contribuir para o ganho de peso.

E aí, aprendeu como fazer soro caseiro? Comente!

Equipe Gestação Bebê

A equipe de redatores do Gestação Bebê é formada por jornalistas e profissionais convidados de diversas áreas, como pediatria e psicologia.

Deixe um comentário