Como fazer o enxoval do bebê com pouco dinheiro

Em tempos de crise, saber como fazer o enxoval do bebê com pouco dinheiro pode ser uma excelente opção para enxugar o orçamento.

Se você está prestes a se tornar mãe é bem provável que se apaixone por tudo que remeta ao mundo infantil: roupinhas, sapatinhos, brinquedos, berço, bichos de pelúcia, móbile e abajur, entre outros objetos de decoração do quartinho do bebê.

É amor à primeira vista! Afinal, são muitos artigos lindos em um lugar só. Cientes disso, os lojistas fazem questão de aguçar os olhares dos clientes envolvidos pelo entusiasmo que cercam os futuros papais.

Por isso, pare e pense: será que você realmente usará tudo o que está pensado em adquirir ou está comprando apenas pela beleza que salta aos olhos?

Mamães, não se empolguem! Pesquisem e comprem apenas o que de fato será usado. A aquisição de itens essenciais está entre os grandes aliados de um enxoval que não desperdiça nem tempo e nem dinheiro.

É natural que as mamães queiram fazer um enxoval no capricho, com tudo o que seus bebês merecem. Afinal, essas fases não voltarão atrás. E é justamente por elas não voltarem mais que não será possível ajustá-las.

Lembre-se, ter filhos requer planejamento, sobretudo financeiro.

Por isso, confira a seguir os itens necessários para montar um enxoval, sem precisar pesar no bolso.

Converse com os mais experientes

Uma dica muito válida é conversar com pais mais experientes sobre o que eles realmente usaram em seus filhos, já que muitas coisas os bebês nem chegam a utilizar.

como economizar no enxoval do bebê

(Foto: Embarazadisima)

“De acordo com a minha experiência de mãe e de lojista, creio que não se deve comprar muita coisa, pois os bebês crescem muito depressa e nem sempre dá tempo de usar tudo o que compramos”, aconselha a professora Elizabeth Silva dias, proprietária de loja de artigos infantis. “Além disso, não podemos nos esquecer de que o neném ganha muitas roupas, sapatos e outras peças do enxoval.”

Em qual estação do ano seu bebê irá nascer?

Levar em conta a estação em que a criança vai nascer também ajuda, pois evita que os pais comprem roupinhas ou sapatinhos de inverno, estando no verão, por exemplo. Nesse caso o bebê só usaria no próximo ano, quando, provavelmente, as roupinhas não servirão mais.

Pensar na qualidade e na durabilidade dos artigos na hora de comprar também é fundamental. O ideal é que o enxoval esteja pronto até o sétimo mês da gestação.

como fazer o enxoval do bebê com pouco dinheiro

Foto: VidaClara

Confira os itens mais usados em recém-nascido e a quantidade média:

  • 10 pacotes de fraldas P e 5 pacotes M;
  • 10 fraldas de pano;
  • 5 toalhas ou fraldas de boca;
  • 6 macacões P e 5 macacões M;
  • 6 camisetinhas P e 6 camisetinhas M;
  • Meias e luvas;
  • Kit berço;
  • 2 toalhas de banho com capuz;
  • 2 jogos de lençol para berço;
  • 1 jogo de lençol para carrinho;
  • 1 cobertor para berço;
  • 2 cobertores de enrolar;
  • 2 travesseiros.

“Este é um kit básico, mas existem várias listas. Cada mãe deve escolher a que mais lhe convier e que melhor cabe no seu bolso”, ressalta Elizabeth – assegurando que a pesquisa de preço é muito importante e que, para comprar todo o enxoval de uma vez só se for à vista e se tiver um bom desconto.

Fraldas

Segundo a empresária, geralmente fraldas não têm muito desconto, mesmo compradas em grande quantidade. Ainda assim, se possível, reserve um pequeno estoque de fraldas em casa, sempre se atentando para o crescimento e o conforto da criança.

“Pensar no bebê é muito importante, mas pensar na mamãe também é. Se ela estiver bem, só passará tranquilidade para o filhinho”, afirma.

Leia também: Dicas para escolher o kit berço ideal

Preciso de eletrônicos? 

Aparelhos eletrônicos não são prioridades, compre somente se estiver com dinheiro sobrando.

Prefira comprar por ordem de utilidade, e os eletrônicos (como babá eletrônica, móbiles, cadeirinhas, entre outros) não estão no topo desta lista.

Decoração

O momento da compra dos utensílios do quartinho é quando se gasta mais dinheiro.

Sabemos que é fácil se apaixonar por tantas coisas lindas, mas não abuse nos detalhes do quartinho. Que tal fazer uma linda pintura na parede ao invés de comprar papéis de parede?

Segunda mão

As roupinhas e itens repassados por outras mamães são uma mão na roda.

Geralmente, os enxovais de recém-nascidos são usados poucas vezes e são bem conservados. Não fique com receio de aceitar e pedir para os amigos próximos.

Economia válida

Uma prática cada vez mais comum no mundo digital são os grupos online de “venda e troca” de roupas, sapatos, objetos ou equipamentos seminovos, como cadeirão, trocador, carrinho e bebê-conforto, entre outros.

Basta fazer uma procura na internet por grupos de compra e venda de enxoval de bebê no Facebook (Compra venda e troca de produtos para bebês), em sites especializados e até no Whatsapp. Aproveitem, é possível fazer uma boa economia.

Agora que você já recebeu diversas dicas de como fazer o enxoval do bebê com pouco dinheiro, com certeza será muito mais fácil montar o enxoval do seu lindo bebê!

Como fazer o enxoval do bebê com pouco dinheiro
4.5 (90%) 2 vote[s]

  • Adicione um comentário

    *