Como distrair o bebê durante uma viagem

You are currently viewing Como distrair o bebê durante uma viagem

A viagem pode ser de carro, ônibus ou avião: se o bebê não estiver bem e entretido, vai ficar entediado e começar a chorar e fazer manha, deixando o percurso mais difícil e longo. Os pequenos podem sim viajar tranquilos, aproveitando cada momento até chegar ao destino, basta que os pais se preocupem com seu bem-estar e prestem atenção em algumas dicas.

 Leia ainda: Como amenizar os sintomas da vacina em bebês

Dicas para uma viagem tranquila com o bebê

  • Os pais devem sair de casa já preparados. Não adianta tentar entreter o bebê depois que ele já estiver entediado e manhoso;
  • Leve alguns brinquedos para o bebê. Selecione os que ele mais gosta e se possível, compre algo novo para que ele se distraia e se divirta. Se a viagem for de carro ou ônibus, escolha brinquedos feitos de materiais que não machuquem o pequeno em caso de freada brusca ou colisão, por exemplo. Também não leve aqueles muito barulhentos, que podem acabar distraindo e atrapalhando o motorista;
  • Faça brincadeiras que envolvam os dedos, algo simples e interessante. Ensine o nome dos dedos. Toque uma parte do corpo e o desafie a nomeá-lo corretamente… coloque sua imaginação para funcionar;
  • Brinquedos lúdicos, que precisam ser montados e encaixados fazem a diversão dos bebês e ainda ajudam no desenvolvimento da coordenação motora;
  • Leve vários livros para contar histórias para a criança. Ela com certeza vai ficar prestando atenção do começo ao fim. É possível ainda que pegue no sono e durma por boa parte da viagem;
  • Um aparelho de dvd portátil ou mini computador podem ser levados também. Coloque filmes ou desenhos para a criança assistir;
  • Não deixe de levar uma bolsa térmica com água para não deixar o bebê com sede. Leve uma mamadeira também;
  • Por fim, leve bolachas e biscoitos para tapear a fome do pequeno.

Equipe Gestação Bebê

A equipe de redatores do Gestação Bebê é formada por jornalistas e profissionais convidados de diversas áreas, como pediatria e psicologia.

Deixe um comentário