Cefalexina na gravidez: faz mal para o bebê?

Apesar de ser um medicamento que apresenta poucas ocorrências de efeitos colaterais, existem dúvidas entre as gestantes se é permitido o uso de Cefalexina na gravidez. Saiba mais sobre esse medicamento e se ele pode trazer riscos para o bebê no ventre materno ou durante a amamentação.

Efeitos colaterais

A Cefalexina é um antibiótico que possui uma ação bacteriana muito eficaz. O seu uso é indicado para o tratamento da sinusite bacteriana, amigdalite, faringite, infecções de ouvido, garganta, urinária ou na pele.

Esse medicamento geralmente é bem aceito pela maioria dos organismos, mas há a possibilidade de efeitos colaterais comuns ao uso de antibióticos, entre eles:

  • Diarreia
  • Dor no estômago
  • Candidíase vaginal
cefalexina faz mal para o bebe

Pessoas que apresentam insuficiência renal devem ter a dose do medicamento ajustada para evitar que ocorra uma intoxicação. (Foto: Planète Santé)

Além disso, quem tem alergia à penicilina também corre o risco de desenvolver alergia com o uso da Cefalexina.

Cefalexina faz mal na amamentação?

Há estudos que foram realizados para verificar se existe riscos para o bebê ao usar Cefalexina durante a amamentação. Apesar disso, não há respostas conclusivas a respeito, mas o indicado é que o seu uso por mulheres que estão amamentando seja feito apenas se for realmente necessário.

O médico ou o cirurgião-dentista devem ser informados sobre a amamentação quando está sendo feito o uso do medicamento, pois pesquisas mostram que ocorre a excreção da Cefalexina no leite materno até 8 horas após ingerida.

Leia mais: Medicamentos que causam risco na gravidez

infecção urinária gravidez riscos

Foto: MIMS Malaysia

Infecção urinária 

Durante a gravidez, a atenção às infecções urinárias deve ser redobrada, pois o risco das bactérias se encaminharem para os rins das gestantes é maior durante esse período.

O uso de certos antibióticos pode causar má formação no feto e, por esse motivo, é necessária uma abordagem diferente em mulheres grávidas, para que seja iniciado um tratamento antibiótico adequado.

Cefalexina- posologia

A Cefalexina é administrada por via oral durante 7 a 14 dias. Para adultos, as doses podem ser entre 1 a 4g diárias, sendo essas doses fracionadas. Caso a infecção seja mais grave ou provocada por bactérias mais resistentes, o médico poderá receitar doses mais elevadas.

Se a dose do medicamento necessária for acima de 4g, talvez seja preciso utilizar doses adequadas de uma cefalosporina parenteral. Caso ocorra um esquecimento na hora de tomar uma dose, a paciente deverá tomar assim que for possível.

cefalexina na gravidez bula

Foto: MedCells

Cefalexina na gravidez- bula

A Cefalexina pode ser encontrada em comprimidos ou em frascos:

-Comprimido revestido 500 mg: Embalagens contendo 8 ou 10 comprimidos
-Suspensão oral 250 mg/5 ml: Embalagem com 1 frasco de 100 ml

O efeito acontece após cerca de 1 hora após a ingestão desse antibiótico. Ele deve ser mantido bem fechado e armazenado em um local com temperatura ambiente, abrigado da luz do sol. A validade é de 2 anos após a fabricação.

Em testes laboratoriais feitos com ratos, o uso da Cefalexina na gravidez não mostrou efeitos sobre a fertilidade, o peso do feto ou algum aumento na toxidade dos ratos recém-nascidos.

Porém, como o teste em humanos não foi estabelecido ainda, é preciso evitar o uso sem real necessidade. Consulte sempre um médico antes de tomar qualquer medicamento, principalmente durante a gravidez e amamentação.


  • Add Your Comment