Benefícios do amaranto para gestantes

A alimentação saudável e equilibrada é um dos requisitos para uma gestação tranquila. Cuidando com atenção da dieta, a mulher tem seu corpo preparado para encarar as diversas mudanças e os muitos sintomas da gestação, bem como para oferecer ao bebê todos os nutrientes necessários para seu desenvolvimento saudável.

Falando em alimento saudável, você já ouviu falar no amaranto? Ele está fazendo sucesso entre as gestantes. Veja a seguir os motivos e quais são seus benefícios:

Anemia gestacional x amaranto

A anemia gestacional é um problema comum entre as gestantes e ocorre porque elas acabam fornecendo a seus bebês todas as reservas de ferro que tinham acumuladas. Para acabar com o problema, a solução é apostar em alimentos ricos em ferro, e é aí que entra o amaranto: ele é um deles.

Leia ainda: Como tratar a dor de garganta no bebê?

Mas afinal, o que é o amaranto?

O amaranto é um grão também chamado de “feijão dos Andes”. Muito comum em outras partes do mundo, está se popularizando no Brasil. O amaranto é um alimento bastante nutritivo e extremamente rico em ferro. Ele também possui altas concentrações de vitaminas A e C, magnésio, fósforo, cobre, manganês e potássio.

Outro benefício é que a semente é de fácil digestão, já que não contém glúten em sua fórmula. Sendo assim, ajuda a aliviar dois outros desagradáveis sintomas da gestação, que são a azia e a prisão de ventre.

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Como comer o amaranto?

Nas lojas de produtos naturais é possível encontrar o amaranto em semente, flocos ou farinha. Na hora da alimentação, você pode utilizar a versão em flocos para colocar sobre frutas picadas, saladas e iogurte. O amaranto em farinha pode ser consumido juntamente com feijão, por exemplo, ou ser utilizado com a farinha branca no preparo de bolos e pães.