Benefícios da aula de dança para mamãe e bebês

As novidades para mães e bebês estão sempre chegando para trazer benefícios e qualidade de vida. Um exemplo disso é a dança para as mulheres e seus filhos, mesmo que ainda de colo. A atividade pode ser muito boa para ambos.

Estreitando laços

Todos sabem que o aleitamento materno, além de fundamental para a saúde do bebê, ajuda a estreitar os laços entre mãe e filho. Pois a dança também pode ser uma ferramenta importante para promover a aproximação entre mulher e bebê.

 Leia ainda: Quando oferecer leite integral para o bebê?

O que é preciso para participar?

Para que ambos possam interagir, o bebê deve ainda ser de colo, engatinhar ou ter até três anos de idade. As mulheres podem participar um mês após o parto caso ele tenha sido normal e cerca de um mês e meio após cesárea. De qualquer maneira, as mamães só podem participar com a liberação médica.

Não é necessário saber dançar ou ter qualquer qualquer noção de dança para participar. O pai do bebê, tios e avós também são bem-vindos.

A dança

Nas aulas de dança com os bebês, os movimentos são compostos por passos simples ou improvisações. A professora vai orientando as participantes.

Mãe e bebê ficam juntinhos, e momentos de cumplicidade e amor são construídos.

Durante o alongamento e aquecimento, o bebê recebe massagens da mãe.

Para relaxar

O cuidado com os bebês demanda muito tempo e atenção das mães. A dança é ainda uma maneira de a mulher aliviar o stress e espairecer, sair de sua rotina e conhecer outras mães, trocar ideias e conselhos. Para o bebê, a dança também relaxa e o deixa bem calmo, pronto para ter uma noite de sono bem tranquila.