Útero baixo na gestação – Veja os Sintomas

O útero é o órgão que vai abrigar o bebê durante os nove meses de desenvolvimento dentro do corpo materno. É o útero que vai proteger e nutrir o pequeno até quando chegar a hora de seu nascimento.

No organismo feminino, o útero fica sobre o colo do útero, que é sustentado pela musculatura pélvica, localizada exatamente na região abdominal. Mas, existem casos em que essa musculatura torna-se enfraquecida e o diagnóstico é de útero baixo. Você sabe o que isso significa? Veja a seguir tudo sobre o assunto:

Útero baixo

O útero baixo ocorre quando os músculos da região pélvica ficam fracos e frágeis (formas leves e moderadas). Em outros casos, eles podem até mesmo se romper (formas mais graves). Essa classificação ocorre ainda de acordo com os sintomas apresentados.

O útero baixo pode ocorrer com mulheres de todas as idades, mas é mais frequente em mulheres que já tiveram partos vaginais e que estão na menopausa.

Leia ainda: Dores nos quadris durante a gestação

Foto: resources0.

Foto: resources0.

Sintomas

Quando o útero fica baixo, ele pode se deslocar e pressionar órgãos como a bexiga, o reto, ovários e até mesmo a vagina, causando dores. As dores são nas costas (parte inferior) e durante as relações sexuais. Ocorre também a perda de urina e sensação de peso na região pélvica. Em alguns casos, o útero pode chegar a sair pela vagina da mulher.

Outros sintomas do útero baixo são corrimento, dificuldades para caminhar e vontade frequente de urina.

Tratamento

Vale lembrar que o acompanhamento é fundamental para detecção e tratamento do útero baixo. Dentre as formas de tratar o problema estão exercícios físicos, controle do peso e cirurgia.