Sinusite na gestação, o que fazer?

A sinusite é uma inflamação bastante comum aqui no Brasil. Famosa pelas dores persistentes no ouvido, sensações de pressão no rosto, tosses e a inflamação na garganta, a doença causa alerta nas futuras mamães.

Apesar de normalmente não ocorrer nenhuma complicação com o feto, são necessários alguns cuidados para garantir a saúde e bem estar da gestante e do bebê.

Leia também: Dor de cabeça na gestação

A presença da sinusite na gravidez é mais comum nas mamães que já possuem as condições de crise alérgica.

A imunidade é reduzida na gravidez, e a mulher fica mais exposta às proliferações de fungos e bactérias, causadores do problema.

Foto:momjunction

Foto:momjunction

Para o tratamento é comum a utilização de antibióticos, mas durante a gestação é necessária a avaliação de um médico, que prescreverá um medicamento de acordo com a necessidade da paciente.

Atente-se para as febres altas e constantes, elas indicam que seu corpo está em batalha com alguma anomalia, isto pode prejudicar a gestação.

São importantes para o corpo alguns cuidados como: fazer nebulização duas vezes ao dia, ingerir muito liquido e manter-se em repouso.

Em alguns casos, o médico pode recomendar também que se faça uma lavagem nasal, solicitando que se pingue algumas gotas de solução isotônica no nariz.

Para reduzir o desconforto e a dor, a gestante pode tomar o paracetamol, sempre com recomendação médica.

É importante saber que o uso de antibióticos sem a orientação de um médico durante a gestação pode prejudicar a saúde do bebê.