Search
Search
X

Por que o bebê regurgita muito?

Se você está preocupada porque o bebê está regurgitando muito, vamos dar várias dicas neste artigo para diminuir o problema

Os bebês ainda não sabem se alimentar direito, então é natural que nesta fase de adaptação aconteçam regurgitações, aliás, mais da metade dos bebês regurgita regularmente.

A fase em que acontece mais regurgitação no bebê é com 4 meses, com 6 meses mais da metade dos bebês ainda regurgita e com 1 ano, apenas 10% deles continuam a regurgitar.

A regurgitação não significa que nada de grave está acontecendo ao seu bebê, a não ser que verifique algo de estranho, como choros na hora de regurgitar ou que seu bebê não está ganhando peso, nestes casos é recomendado acompanhamento médico.

Regurgitação ou vômito?

bebê que regurgita

A regurgitação ocorre quando o bebê expele um pouco do alimento pela boca após a mamada. Foto: ViCare

Veja: Como descobrir se o bebê tem refluxo?

Uma confusão muito comum ocorre entre a regurgitação e o vômito, sendo que a primeira é uma condição normal, já a segunda não, e caso o vômito seja excessivo, deve-se recorrer a um médico.

No vômito a quantidade de alimento expelida pelo bebê é muito grande, o que pode vir a impedir que o bebê ganhe peso e pode acarretar em um problema sério no desenvolvimento da criança.

O bebê age com naturalidade diante de uma regurgitação, ao contrário do vômito, que ocorre em quantidade maior e o bebê fica mais nervoso.

Porque a regurgitação acontece?

Os bebês costumam comer muito em relação ao seu tamanho, portanto, é natural que fiquem cheios e tenham que colocar algo pra fora.

Também ocorre porque o sistema digestivo dele ainda não está acostumado com a quantidade que é ingerida, falta controle por parte dos músculos do esôfago.

Além disso, quando o bebê mama, ele ingere ar juntamente com o leite, por isso tem que expelir.



Quais as dicas pra ele não regurgitar tanto?

Por que o bebê regurgita muito?

Foto: KRjogja

  • Sempre permita que ele arrote após as mamadas,
  • Tente tornar o ambiente em que alimenta o bebê agradável e tranquilo, se há muita distração em volta, ele pode vir a comer demais;
  • Não deite ele depois da mamada ou deixe ele muito agitado, procure deixá-lo sentado ou em pé por, pelo menos, meia hora após a mamada.
  • Deixe ele de pé durante a mamada,
  • Não deixe a frauda muito apertada, pois pode aumentar as regurgitações.
  • Não deixe que ele mame mais do que aguenta, se ele está regurgitando muito após a mamada, pode ser sinal de que está comendo demais.

Leia também: Bebê com tosse seca: o que fazer?

Caso verifique alguma alteração em relação ao seu bebê e caso ele esteja regurgitando demais, procure um médico, os pais sempre devem seguir sua intuição.

Mas, na grande maioria dos casos, a regurgitação não representa problema nenhum, somente significa que o bebê ainda está se adaptando ao mundo e aprendendo a ter mais velocidade para comer.

Quando seu bebê estiver com um ano, é provável que não tenha mais regurgitação, pois já vai estar melhor adaptado e seu sistema digestivo melhor formado.




Comentários:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*