Perigo do mel para bebês até 1 ano

O mel parece ser uma alimento totalmente inofensivo, não é mesmo? Tanto que muitas vezes é utilizado para o alívio de tosse e dor de garganta, devido a suas propriedades expectorantes. Isso é verdade quando estamos falando dos adultos, mas não de bebês. É que os pequenos, antes do primeiro ano de vida, não devem ingeri-lo.

Mel x Açúcar x Bebês

Algumas mulheres acreditam que o mel pode ser uma alternativa bastante saudável para adoçar os alimentos dos bebês, pelo menos mais saudável do que o açúcar. Mas não é bem assim. O mel de abelhas não deve ser oferecido a crianças com menos de 1 ano de idade. Há alguns especialistas que recomendam o alimento apenas após os 3 anos, mas a recomendação mais aplicada é após um ano de nascido.

Leia ainda: Como adaptar os bebês com o horário de verão?

Foto: bbcgoodfood.

Foto: bbcgoodfood.

O botulismo e o mel

O botulismo é o motivo pelo qual o mel não deve ser dado aos pequenos. O botulismo é uma doença causada pela bactéria Clostridium botulinum, que pode estar presente no mel. A dificuldade da fiscalização das propriedades e as condições de higiene da produção são fatores que tornam o mel um potencial transmissor da doença.

O botulismo é bastante grave e pode levar à morte. Nos adultos, alguns dos sintomas são visão dupla, vômito, diarreia e paralisação muscular, o que pode impedir o funcionamento do sistema respiratório e ser fatal. Nas crianças, o botulismo pode se manifestar como uma constipação ou até mesmo provocar a morte súbita.

mel para bebes

Mel para bebês apenas acima de 1 ano de vida. (Foto: Etsy)

Botulismo em crianças e bebês

O botulismo infantil é o que pode acometer crianças menores de um ano de idade. Isso ocorre porque os bebês possuem intestino ainda não completamente maduro e sem flora intestinal formada por completo, o que facilita a instalação da bactéria no local.

A doença, grave, chega a ser fatal em 15% dos casos infantis, mesmo com o avanço da medicina e os recursos que ela disponibiliza. Por isso, diagnosticar o problema e iniciar o tratamento o mais rápido possível são questões fundamentais.

Portanto, quando aquela vizinha receitar mel para tosse do bebê, diga a ela que seu filho conhecerá esse importante alimento apenas após o primeiro ano de vida.


  • Add Your Comment

    *