O que fazer quando se esquece da vacina do bebê?

Os cuidados com os bebês são muitos, o que inclui inúmeras vacinas. Diante de tantos afazeres e da rotina do dia a dia, é normal que os pais acabem não cumprindo o calendário, esquecendo de dar alguma dose. Caso isso aconteça, não é necessário entrar em desespero. O importante é agir com calma e seguir as recomendações:

O que não fazer

Quando uma vacina é esquecida, ela não pode simplesmente ser pulada e deixada de lado. Outros pais, no entanto, preferem esquecer tudo o que já foi dado e começar um novo calendário, repetindo as doses achando que elas perderam o efeito. O que dizem os médicos? Que nenhuma das duas soluções está correta.

 Leia ainda: Prisão de ventre no bebê: O que fazer?

Vacina esquecida, e agora?

Quando uma vacina é esquecida, ela deve ser tomada o quanto antes, de preferência assim que for lembrada sua falta. Excluindo casos bastante específicos, como quando há transplante de medula óssea, não há necessidade de reposição das anteriores pois elas não perderam a validade.

Seja rápido mas respeite os prazos

Caso os pais tenham esquecido de dar mais de uma dose da vacina, é importante correr para receber a primeira, mas o período para a segunda deve ser respeitado – em geral ele é de um ou dois meses.

Doses de reforço

Os pais precisam sempre dar a devida importância às doses de reforço, que são tão importantes quanto a primeira vacina recebida.

Novas vacinas

Novas vacinas foram incluídas no calendário oficial. Elas valem para crianças que tenham até 5 anos de idade, e podem ser encontradas gratuitamente na rede pública de saúde. São elas a pentavalente, que imuniza contra difteria, tétano, coqueluche, meningite e hepatite B, e a poliomielite, que será aplicada por injeção. Lembre-se ainda de sempre verificar a carteirinha de vacinação de seu filho.


  • Add Your Comment