O que é melhor, babá ou creche?

O final da licença maternidade traz às mães certa insegurança: elas terão que voltar ao trabalho e deixar seus bebês, não podendo mais ficar 24 horas junto deles. Diante disso, elas se veem diante de uma importante decisão: deixar o bebê na creche ou deixar o bebê com uma babá?

Confiança

A confiança é a base da decisão que será tomada. Antes de qualquer coisa, a mãe precisa se sentir segura com sua escolha e confiar na creche ou na babá que escolher. Inconscientemente, ela vai passar essa tranquilidade – ou não – para seu bebê.

Leia ainda: Como manter o peso ideal durante a gestação?

Babá ou creche?

Ambas as decisões possuem prós e contras. Os pais devem avaliar cada uma das opções, colocar na balança e incluir fatores da rotina da família antes de tomar a decisão.

A babá pode não ser tão preparada quanto os funcionários da creche, mas aos seus cuidados a criança poderá passar o dia no conforto de sua casa, uma vez que seu sistema imunológico ainda é frágil – assim não vai entrar em contato com aglomerações e possíveis vírus e bactérias.

Na creche, por outro lado, a criança vai entrar em contato com outros bebês de sua idade e assim trocar experiências, brincar e se divertir.

foto: Divulgação.

foto: Divulgação.

Referências

Seja qual for a decisão dos pais, tanto a creche quanto a babá devem ter boas referências. Antes da escolha, faça pesquisas e converse com outros pais. Faça uma boa entrevista com a babá e cheque suas informações – se achar necessário converse também com seus antigos patrões. Além disso, observe aparência, higiene, conduta. Em relação à creche, visite o local em horário escola, quando as crianças estiverem lá, para que você possa realmente vê-la funcionando e observar como é sua estrutura e como são os cuidados destinados aos pequenos.