Importância da vacina de hepatite A no bebê

A vacinação contra a hepatite A é fundamental para a saúde da criança e para afastar o risco da doença. A vacina, que antes era encontrada apenas em clínicas particulares, agora está também presente na rede pública de saúde. Veja a seguir quando deve ser aplicada:

A hepatite A

A hepatite A é transmitida por meio do contato com saliva de pessoa contaminada, alimentos contaminados por pessoa contaminada e água – até mesmo de piscinas e mar – contaminada. O cuidado com as crianças deve acontecer porque elas sempre levam brinquedos à boca e também a mão, que pode estar suja.

Leia ainda: Distúrbios do sono durante a gravidez

Sintomas

Os sintomas na criança contaminada podem não ser imediatos, aparecendo de 15 a 50 dias após a contaminação. Os principais sintomas são a desidratação, a perda de peso, a urina escura, náuseas, vômito, febre, sangramentos. O risco de morte é bastante pequeno. A pele pode ainda adquirir cor amarelada, bem como o branco dos olhos. A icterícia ocorre pelo aumento de bilirrubina no sangue, mas tende a desaparecer em cerca de 10 dias.

Foto: 4.bp.blogspot.com.

Foto: 4.bp.blogspot.com.

Quando a vacina deve ser aplicada

A vacina da hepatite A deve ser aplicada em duas doses, logo após o primeiro ano de vida da criança. Depois da primeira dose, a segunda deve ser aplicada em um período de seus meses. A vacina é aplicada por injeção.

A dor da vacina

A vacina pode doer e o bebê pode chorar. Para aliviar o incomodo, faça compressas com água fria.

Prevenção

Além da vacina, hábitos adequados de higiene ajudam a afastar a hepatite. Ensine seu filho a sempre lavar as mãos depois de ir ao banheiro, por exemplo, e também antes de comer. Evite comprar alimentos de origem desconhecida, como os vendidos por vendedores ambulantes.

Tratamento

O tratamento é realizado para reduzir os sintomas como febre, náuseas e vômitos. A alimentação deve ser saudável e comporta por alimentos leves, rica em frutas, legumes e verduras.


  • Add Your Comment

    *