Enxaqueca na gravidez – É perigoso? Qual tratamento?

Durante toda a gestação a mulher passa por diversas experiências e situações com seu corpo. Os hormônios mudam, o corpo fica mais lento e pesado, o humor e a alimentação também mudam.

Dentre os vários incômodos que as mulheres passam nessa fase, um dos mais chatos é a enxaqueca. Ela consegue ser traumatizante para a futura mamãe.

A dor no primeiro trimestre é realmente forte devido à mudança brusca dos níveis hormonais. Nos segundo e terceiro trimestres a intensidade da dor tende a diminuir gradativamente até, provavelmente, atingir o fim da enxaqueca.

O que você vai entender aqui é se a enxaqueca pode prejudicar sua gravidez de alguma forma e qual o tratamento adequado.

Foto: Babynamequest

Foto: Babynamequest

Sintomas da enxaqueca na gravidez

O sintoma principal é a forte dor de cabeça na região da testa. Às vezes, a dor é tão intensa que a mulher não consegue definir onde dói exatamente.

Outros sintomas:

  • A visão turva;
  • Náuseas;
  • Vômitos;

Infelizmente quando a intensidade da dor é muito forte e não é tratada pode resultar em perda do bebê.

Ainda não foi possível saber porque a enxaqueca se manifesta. Mas ela está ligada às alterações hormonais durante a gestação. Na maioria das vezes, as dores somem ou diminuem após o primeiro trimestre de gravidez.

Como tratar a enxaqueca na gravidez

Foto: Everydayhealth

Foto: Everydayhealth

O que existem hoje são mudanças de hábitos e tratamentos para apenas amenizar a dor. Dentre elas:

  • Repouso e relaxamento;
  • Compressa com água quente na testa;
  • Fazer um escalda-pés;
  • Massagem terapêutica;
  • Alongamento e ioga;

Todas essas medidas podem aliviar a enxaqueca sem a necessidade de fazer uso de medicamentos. A mudança de hábitos é fundamental para diminuir a incidência da enxaqueca.

  • Alimente-se mais vezes ao dia e com menor quantidade;
  • Passe longe de comidas gordurosas;
  • Faça atividade física;
  • Beba bastante água: no mínimo dois litros por dia;
  • Evite locais barulhentos;
  • Não use perfumes fortes;
  • Fuja da exposição ao sol. Use óculos solar quando sair.

Aja conforme orientação médica. O mais importante é prevenir qualquer doença e incômodo antes mesmo da gestação.

Leia mais: Dor nas pernas e nas costas durante a gravidez

Durante os nove meses seguintes tenha cuidado redobrado. Em qualquer incômodo estranho ou fora do normal, avise ao seu médico. Sem tratamento a vida do seu bebê fica em risco.

A mulher que já tem enxaqueca antes da gravidez terá dores mais intensas na gestação. É possível usar alguns medicamentos. Todos de acordo com a orientação médica. Nunca se automedique!