Como ser uma mãe mais paciente

A maternidade é a maior realização da vida de muitas mulheres, que sonham durante a vida inteira com o nascimento de um filho. Para outras, entretanto, a maternidade vem de modo não planejado, mas que também traz igual felicidade.

Independentemente da situação, o que todas as mães têm em comum é a insegurança, o medo e incertezas que a responsabilidade de amar e educar um filho acarretam. Conforme o crescimento do bebê, vão surgindo novos desafios e responsabilidades, o bebê aprende a independência, e faz com que os pais tenham que se adaptar a nova fase.

Adaptação à nova rotina: ter um tempo para si mesma

Cada fase da maternidade tem as suas incertezas peculiares, desde a gestação. Quando o bebê nasce, é o período inicial de aprendizado, conhecimento e adaptação à nova vida, para fazer coisas que nunca fez, como amamentar (e ter dores nos seios, ensinar a pega correta, passar noites sem dormir), trocar fraldas e mais fraldas e lidar com cólicas.

mãe mais paciente

Todo esse processo pode ser extremante estressante, porque, além de ser um mundo novo, a mãe já não tem tempo para se cuidar como fazia antes e, às vezes, nem mesmo dormir uma quantidade mínima de horas para se sentir mais descansada.

Por isso, infelizmente é normal que a mãe acabe descontando no filho o seu nervosismo e infelicidade por ainda não saber como lidar com a situação; nesse caso, o ideal é tentar se acalmar ao pensar que a criança não tem culpa de nada, e que, afinal, é tudo novo para ela também.

Caso a mãe tenha esse apoio, deixar de vez em quando a criança por alguns minutos ou mesmo algumas horas com o pai, os avós ou outra pessoa próxima para que possa descansar é a melhor solução.

ser uma mae melhor

Tentar se distrair com outras pessoas, conversar sobre outros assuntos não inerentes à maternidade, sair um pouco de casa e mesmo poder cuidar da aparência pessoal podem elevar a autoestima e mudar drasticamente o humor da mãe, tornando-a muito mais paciente, o que se refletirá de modo muito positivo na relação com os filhos.

Compreender os filhos: aceitar a personalidade da criança pode torná-la uma mãe mais paciente

Não importa quantos anos tenha o filho, seja bebê ou já adolescente, que ele demonstrará as suas próprias vontades e maneira de ver o mundo, o que nem sempre corresponde com a opinião e expectativas da mãe. Isso pode trazer momentos de tensão e nervosismo, mas, desde que não sejam atitudes erradas ou que tragam consequências indesejáveis, o ideal é que a mãe respeite e compreenda a decisão de seus filhos, porque, afinal, ninguém é igual a ninguém.

A partir do momento em que a mãe entende que as crianças também são livres para expressar as suas opiniões e vontades como pessoas individuais, ela se torna mais paciente e compreensiva, o que torna o relacionamento mais fácil.

como ser uma boa mãe

Não se cobre tanto: a exigência pode virar impaciência

É um fato que toda mãe deseja ser a referência principal, um modelo de perfeição como a melhor mulher do mundo, seja aos olhos dos filhos ou dos outras pessoas. Essa cobrança muitas vezes se torna uma inimiga, já que é impossível ser perfeita: cuidar dos filhos, dar atenção para o marido, trabalhar, estudar, limpar a casa, sair com as amigas, e cuidar de si mesma.

São tantas funções destinadas à mulher que todas essas atividades podem gerar graves problemas, que vão desde o cansaço até doenças, pois todo mundo precisa de um tempo para simplesmente não fazer nada.

como ser uma boa mãe de primeira viagem

Faça concessões, opte por fazer uma tarefa e deixar as demais para outro dia, administre a sua vida de modo realista e suportável. Perceber que não é possível ter todas as coisas sob controle é normal e saudável, pois com esse pensamento, a mulher deixa de se martirizar por não conseguir fazer tudo ao mesmo tempo.

Às vezes, também é importante deixar de fazer algum serviço doméstico ou outra atividade não urgente para simplesmente brincar ou sentar para conversar com os seus filhos, pois, apesar de todas as responsabilidades que a mãe possa ter, eles também merecem atenção e querem perceber que são importantes durante o seu dia.

Demonstrar paciência para ouvi-los contar as novidades da escola ou sobre um filme interessante que assistiram pode tornar o dia deles muito mais especial, e esse tempo também servirá como um descanso mental para a mãe.

Como ser uma mãe mais paciente
5 (100%) 1 vote[s]

  • Adicione um comentário

    *