Como limpar os olhos do bebê corretamente

Os olhos dos bebês são bastante delicados, por isso muitos pais têm receio e medo de limpá-los. No entanto, a higienização é fundamental para evitar problemas como irritação, conjuntivite e inflamações. É isso mesmo: estes problemas, comuns nos adultos, também podem atingir os pequenos. Veja a seguir como manter a higiene e mantê-los protegidos:

Quando há algo errado?

Os sintomas de que algo está errado com os olhos dos bebês são coceira, secreção em excesso e pálpebras e olhos avermelhados.

Leia ainda: Importância da vacina de hepatite A no bebê

Foto: cdnimage.zaman.com.tr

Foto: cdnimage.zaman.com.tr

Como limpar?

  • A limpeza dos olhos dos bebês deve ser feita na hora do banho, todos os dias. Antes de lavar o bebê, pegue um pedaço de algodão e umedeça-o com água morna. O algodão macio e a temperatura da água vão facilitar a retirada de resíduos e secreções. Parta da pálpebra em direção aos cílios. Para cada olhinho, utilize um chumaço de algodão diferente;

  • Não utilize água boricada para que não haja formação de cristais na região. Também não utilize cotonetes, que podem acabar machucando. Os colírios também não devem ser usados, a menos que seja uma recomendação médica, já que eles são medicamentos;

  • Para enxugar os olhinhos da criança, coloque o dedo polegar embrulhado em uma toalha seca e passe na região suavemente, sem apertar ou esfregar;

  • Quando o bebê estiver na banheirinha, durante o banho, faça uma leve massagem na região do canto interno do olho até o nariz.

Conjuntivite neonatal

Se seu bebê acorda com as pálpebras grudadas e apresenta pus no canto interno do olho, ele pode estar com um dos problemas oculares mais comuns em bebês, a conjuntivite neonatal. Nestes casos, os pais devem seguir a orientação de limpar os olhinhos com algodão e água morna, retirando completamente qualquer vestígio de algodão. Se o problema não sumir em três semanas, procure um oftalmologista.