Como escolher o sapatinho certo para o bebê

Escolher sapatinhos para o bebê: uma missão difícil para as mães indecisas, já que as lojas especializadas possuem uma infinidade de opções – é claro que todas muito charmosas. Porém, quando se trata dos bebês os pais devem saber que é preciso considerar muito mais do que a beleza. Você sabe como escolher o sapatinho certo? Veja as dicas a seguir:

Primeiros meses

Para o bebê recém-nascido o melhor é não usar sapatinho, pelo menos enquanto ele estiver em casa. As meias são bem-vindas e esquentam o suficiente.

 Leia ainda: Nomes de bebês mais usados no Brasil

Idade dos primeiros passos

Conforme o bebê vai crescendo, a recomendação não muda. Próximo da idade que ele começa a dar os primeiros passos, os especialistas recomendam a ausência de sapatos para garantir a firmeza necessária e a segurança do andar. Em caso de baixas temperaturas, meias antiderrapantes são ótimas, deixando o bebê seguro e aquecido.

Quando for sair, por outro lado, o bebê deve ser calçado. O sapatinho precisa ser flexível para possibilitar os movimentos e largo na frente para não machucar ou apertar – é indicado comprar um sapato um pouquinho maior do que o do bebê.

Os cuidados com o material da sola são fundamentais para evitar quedas e escorregões. Ela não pode ser lisa demais, e por dentro deve ser ergonômica. O reforço na parte do calcanhar dá mais segurança para o caminhar da criança.

Outro detalhe importante: para que o bebê não tropece nos cadarços, que ele ainda não sabe amarrar, prefira os sapatos com velcro – que são também mais práticos e fáceis de calçar.

Quando trocar os sapatos?

Os pais precisam sempre ficar atentos para que o sapato não fique pequeno demais e incomode o bebê. Quando o bebê chega aos 18 meses de idade, seu pé aumenta consideravelmente a cada três meses, e ele pode perder muitos sapatos neste período.


  • Add Your Comment