Como cuidar da alimentação de bebês vegetarianos

Quando os pais são vegetarianos, a vontade de oferecer ao bebê uma dieta semelhante fala alto. Porém, eles sempre ficam preocupados e cheios de dúvidas: será saudável para o bebê? O pequeno vai sentir falta de algum nutriente, o que poderá atrapalhar seu crescimento?

Acima de tudo, o cuidado com a alimentação do bebê deve ser mantido.

 Leia ainda: Riscos para um bebê filho de primos

Bebês vegetarianos

Os bebês podem sim ter uma dieta vegetariana saudável. Com o crescimento e a introdução de alimentos sólidos, eles começam a comer muitas frutas, legumes e verduras, que vão fornecer quase todos os nutrientes que precisam, com exceção de um, a vitamina B12.

A vitamina B12, de origem animal, pode ser ingerida por meio de suplemento desde a infância, sem problemas.

Quando os pais optam pela dieta vegetariana do bebê devem tomar o cuidado de oferecer quantidade e variedade adequadas – vale lembrar que os vegetais costumam ser menos calóricos.

Até os seis meses de idade, a alimentação da criança deve ser feita exclusivamente com leite materno.

Fontes de proteína

Os pais precisam ainda cuidar para que os pequenos recebam boas fontes de proteína, como oleoginosas e leguminosas. A introdução de novos sabores deve ser feita devagar para que os pequenos aceitem.

A falta de proteínas pode causar desnutrição e desenvolvimento cognitivo e estrutural falho.

Vantagens da dieta vegetariana

A dieta vegetariana proporciona vantagens, mas deve ser feita com planejamento pelos pais.

  • Os bebês estão menos vulneráveis a alergias e intoxicações alimentares, já que a maioria ocorre com alimentos de origem animal;
  • A digestão é mais rápida e fácil e a flora intestinal funciona melhor;
  • Os bebês com dieta vegetariana são mais resistentes e adoecem bem menos do que as demais crianças, já que alimentação deles e rica em substâncias que protegem o organismo;