Como controlar a fome excessiva na gravidez

Saiba como enfrentar essa sensação de querer comer muito mais do que o recomendável


Descubra quais a explicação para a gestante ter tanta fome durante a gravidez

A expressão “comer por dois” é muito antiga, porém ainda muito empregada e seguida por muitas gestantes. Veja como controlar a fome excessiva na gravidez:

No entanto, o risco é muito alto que a futura mamãe corre ao seguir este “lema”. Mas a gestante não precisa aumentar o número de calorias na alimentação por causa do bebê? Sim, a grávida deve aumentar a quantidade das calorias em sua dieta. Mas seria, no máximo, 350 calorias a mais por dia. Mais do que isso acontecerá o temível ganho de peso extra que as mulheres sofrem em passar.

É normal ganhar peso durante a gestação. O ideal é que a mulher engorde de 9 a 13 quilos durante toda a gestação. Mas o excesso de peso pode levar à diabetes, hipertensão e chegar até pré-eclâmpsia, colocando em risco não somente a mãe, mas também o bebê. Estudos também mostram que a obesidade da mãe aumenta o risco de o filho ter doenças congênitas.

fome na gravidez é normal
Descubra quais as explicações para a gestante ter tanta fome durante a gravidez.

É indiscutível que as demandas energéticas, e por consequência as alimentares, são maiores durante a gravidez, o que não significa que a alimentação deva ser hipercalórica. Nem todas as refeições precisam ser especiais ou diferentes. Na maioria das vezes, é mais importante priorizar a qualidade dos alimentos e não apenas o sabor.

A gravidez não é o momento para comer o que se quer ou satisfazer todos os desejos de futura mamãe. O que realmente importa não é comer mais, e sim comer bem. E, que fique claro, não é preciso e nem é saudável comer por dois!

É normal sentir muita fome nas primeiras semanas de gravidez?

É comum ouvir uma grávida dizer que sente fome quase 24 horas por dia nesse período, afinal de contas, seu corpo está passando por uma série de transformações por causa das alterações metabólicas e hormonais, tais como a diminuição de glicose e aminoácidos que podem estar relacionadas com o aumento de apetite e sede.

Ainda, a mudança pela qual passam os hormônios nesse período tem grande influência sobre o olfato e o paladar da mulher, bem como a questão emocional. Mas há, de fato, duas causas principais que interferem na fome da gestante. O primeiro é que o corpo passa a produzir mais peptídeos (substâncias responsáveis por intervir na sensação de fome).

porque temos muita fome na gravidez
Foto: ConsumerHealthDigest

O segundo motivo é que há uma diminuição dos movimentos peristálticos, que movimentam o alimento por meio do trato gastrointestinal. A grávida também tem uma limitação do estômago, pois, uma vez que o bebê já está grandinho e a barriga crescendo, o estômago fica pequeno e ela não consegue comer muito de uma só vez, o que origina a fome excessiva.

Como controlar a fome excessiva na gravidez?

Mas então, a futura mamãe se pergunta: como me alimentar mais na gravidez sem ganhar muito peso? Como controlar a fome excessiva na gravidez? A resposta é simples: Fazendo refeições em pequenas porções ao longo do dia!

Por conta da redução do estômago durante a gestação é preciso comer várias vezes ao dia, em intervalos que devem ser de, no máximo, três horas, ou seja, cerca de seis a oito refeições ao dia, e com alimentos saudáveis, é claro.

Também é importante a gestante substituir os doces por frutas e gelatina, as frituras por assados e grelhados, bem como consumir pães e massas com moderação. Levar uma vida equilibrada com frutas, grãos, legumes, verduras, carnes brancas ou alimentos desnatados serão uma boa opção!



É recomendável não abusar das carnes vermelhas ou salgadinhos e batatas fritas. Eles saciam a fome, porém colaboram com calorias negativas no organismo.

Beber água e sucos também é muito importante, pois ajudam a diminuir a sensação de fome quando ainda não é a hora de comer. Apenas tome cuidado com a quantidade de sucos, devido à alta quantidade de açúcar em suas constituições.

fome excessiva na gravidez
Foto: BabyCentre

Leia mais: 7 Truques para não engordar muito na gravidez

Outra dica importante: coma sem pressa! Alimentar-se com muita voracidade faz com que o organismo não perceba que já está satisfeito. Comer lentamente, com pausas entre cada mordida, faz com que os hormônios digestivos possam “comunicar” ao cérebro que você está satisfeita.

Há ainda os famosos desejos alimentares. Não há comprovação científica da relação dos desejos com a gestação, no entanto, se forem desejos que não prejudiquem a gestante nem o bebê, podem ser atendidos com moderação. O normal é que a futura mamãe comece a sentir mais fome depois que a fase dos enjoos passarem.

Como driblar a fome na gravidez

E se mesmo controlando a alimentação e dividindo as refeições no dia aparece aquela fome incontrolável? Como enganar a fome? Como diminuir a vontade de comer?

Uma forma simples de driblar a fome é, sempre que puder, fazer lanches saudáveis, consumindo frutas, iogurtes e alimentos naturais (pode fazer até mesmo pacotinhos com nozes, amêndoas etc. para levar na bolsa) entre as refeições para não comer com muita avidez. Deixe esses lanchinhos sempre à mão em casa, no trabalho, no carro ou na bolsa.

É importante também a gestante se manter hidratada. Caso acontecer aquele ataque de fome beba um copo de água. É que às vezes não é fome o que você esteja sentindo, mas sim sede – o corpo humano às vezes engana.

Como controlar a fome excessiva na gravidez
5 (100%) 1 vote

- Publicidade -

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*