Cartão do SUS do bebê – Onde e quando fazer?

Você já deve estar sabendo que além do cartão de vacinação, o seu bebê também terá que ter o cartão do SUS (Sistema Único de Saúde), cujo objetivo é o de cadastrar todos os bebês junto ao sistema para tornar fácil o acesso deles aos serviços médicos que porventura venham necessitar.

O cartão

O cartão SUS vai garantir também ao seu bebê:

  • Marcação de consultas e exames com mais facilidade;
  • E ainda dará acesso a alguns medicamentos gratuitos.

Segundo o Ministério da Saúde, esse processo irá permitir a construção de um banco de dados para avaliação, diagnóstico, planejamento e programação das ações de saúde – podendo proporcionar políticas sociais para o bem-estar das crianças.

Através do cartão SUS é possível também que você faça consulta no site do Ministério da Saúde sobre os possíveis serviços médicos que seu bebezinho obteve e encontrar também nomes de quem o atendeu, o que foi feito, etc.

Leia também: CPF do bebê nos Correios – O que é preciso levar?

Onde fazer?

Seu bebê já poderá sair da maternidade com o cartão do SUS. O governo já encaminhou informações e recursos para que as unidades hospitalares confeccionem este documento e entregue aos pais.

Foto:  Parents

Foto: Parents

Você vai adquirir o cartão do SUS do bebê gratuitamente e caso ainda não tenha recebido, pode:

  • Procurar uma unidade de saúde mais próxima; ou
  • Fazer um pré-cadastro online no site do Ministério da Saúde, isto te ajudará a agilizar a emissão do cartão SUS do seu bebê.
  • Quando você chegar à unidade de saúde leve o número do protocolo do pré-cadastro que fez e eles confirmarão os dados para efetivação do cadastro. O protocolo tem validade de 90 dias.

Os dados que você precisa ter em mãos ao fazer o pré-cadastro são:

  • Nome completo da criança.
  • CPF da criança, saiba que este não é obrigatório.
  • Data de nascimento.
  • Município de nascimento.
  • Nome completo da mãe.

No momento da solicitação, estando na unidade de saúde você precisará dos seguintes documentos:

  • Certidão de nascimento da criança.
  • Comprovante de residência com o nome dos pais, este deve estar atualizado e ser original.

OBS: O papai pode ajudar a fazer esse processo. Não é necessário a presença da mãe para obter o cartão.

Quando fazer?

O cartão SUS do bebê deve ser feito assim que ele nasce para garantir seu acesso aos serviços de saúde tanto do governo, como também de algumas organizações particulares.

Até você, mamãe, precisa ter esse cartão!

Portanto, ainda na maternidade solicite o Cartão Nacional de Saúde de seu filho e se não foi possível obter no hospital, procure uma das formas já apresentadas acima. Afinal, é sempre bom estar prevenida, principalmente quando se trata da saúde.

Mudou

Antes, o documento era confeccionado em material plástico e mais resistente. Em 2015, o cartão é impresso em papel comum na própria unidade de saúde e deve ser plastificado pelos pais, para evitar que rasgue ou molhe.

Foto: Divulgação

Novo cartão do SUS 2015, impresso em papel (Foto: Gasetasc)


  • Adicione um comentário

    *