Bebê vomitou após a vacina, o que fazer?

Quando a questão é a saúde dos filhos não se deve descuidar. Uma grande prova de amor é manter seu filho sempre imunizado contra doenças e com o calendário de vacinas em dia. Mas, é comum em alguns casos a criança não encarar bem a administração das vacinas.

O que se entende por calendário de vacinas?

Calendário de vacinação é a sequência cronológica de vacinas que se administram nas crianças de determinada área ou região. Veja no cartão de vacina dele que cada uma tem uma data específica e é de extrema importância que seja seguido corretamente.

6 Dúvidas comuns sobre vacinação em bebês:

1 – Se a criança regurgitar a vacina em gotas, deve tomá-la de novo?

Sim. Caso ele regurgite nos 15 minutos seguintes à vacinação. Para evitar o problema, os médicos recomendavam jejum de uma hora antes e depois da aplicação.

Entretanto, preste atenção: na vacina contra o Rotavírus, que também é por via oral, se por acaso a criança regurgitar ou até vomitar, não é indicado repetir a dose.

Foto: Draliya.ca

2 – Se a criança vomitar após tomar a vacina injetável, deve tomá-la de novo?

Se a vacina foi através de injeção não há necessidade, ele continua protegido.

3 – Existe alguma contraindicação para tomar vacina?

A vacina é recomendada mesmo para as crianças que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarreia. A vacina é extremamente segura e não há contraindicações para o seu bebê.

Na dúvida, consulte seu pediatra nos casos em que, por exemplo, seu bebê estiver com infecções agudas, com febre acima de 38ºC ou tenha hipersensibilidade a algum componente da vacina, para avaliar se deverá ser aplicada.

Leia ainda: Calendário de Vacinação até os 2 anos de idade

4 – Há vacinas que doem ou dão mais reação no bebê que outras?

É comum à maioria das vacinas deixar uma sensação dolorida no local e pomadas anestésicas não diminuirão a dor.

As vacinas injetadas diretamente no músculo da criança (intramusculares), na região da coxa ou do bumbum, costumam incomodar mais do que as aplicadas sob a pele (subcutâneas).

Teoricamente, qualquer vacina pode provocar reações adversas, como febre, dor local ou irritabilidade, além de outros sintomas, mas isso tende a ocorrer mais com a tríplice bacteriana (DTP), a meningocócica e a pneumocócica.

Veja também: Como amenizar as reações da vacina no bebê

5 – Tem alguma vacina que pode dar reação tardia?

Segundo os infectologistas, no caso das vacinas virais, como contra catapora e febre amarela, a reação pode aparecer mais tarde, entre o quarto e o décimo dia. No caso da vacina contra catapora, podem surgir algumas bolinhas. Já com a Tríplice Viral (SRC) pode aparecer um vermelhão na pele, o chamado “sarampinho”, que é inofensivo.

6 – Posso me antecipar e dar um analgésico ao meu filho antes da vacinação?

Para evitar que o remédio interfira na eficácia da imunização não é aconselhado tomar analgésico antes.

Se tiver qualquer dúvida sobre algum sintoma do seu filho, é sempre melhor procurar o médico e pedir uma orientação.


  • Add Your Comment