Dicas para tirar a mamadeira do seu filho

Chegou aquele momento mais significante do desenvolvimento do seu filho, nos seus primeiros aninhos de vida: largar a mamadeira.

A experiência é tida como uma grande dor de cabeça, já que a criança abre o berreiro e dá todo tipo de chilique por não querer largar essa companheira de alimentação.

Leia também: Qual a melhor pomada para prevenir assaduras em bebê?

 

O fato é que quem sofre mais são os pais. Seu pequeno vai aprender a se acostumar sem a mamadeira, por isso não tenha medo e dê a oportunidade de seu filho se desenvolver bem ao deixar esse hábito de lado.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Para isso queremos dar algumas dicas bem legais para que pais e filhos passem por essa fase sem traumas.

Aceite: seu filho está crescendo

As transições do seu bebê para novos estágios será uma constante. Antes ele vivia dentro de casa e agora vai para a escolinha. Chegou a hora de trocar a mamadeira pelo copo.

A primeira mudança de fato tem que vir dos pais. A mamadeira tem uma associação ao peito materno, ao cuidado e ao carinho. Não se sintam cruéis por deixarem a mamadeira de lado, pois esse processo fortalece  a confiança de seu filho.

Vá com calma

Não é uma boa ideia fazer todas as mudanças importantes para seu filho ao mesmo tempo, exemplo: tirar mamadeira e tirar a fralda na mesma época. Veja esse passo a passo:

  • Primeiro – Acabe com a mamada da madrugada.
  • Segundo- Use o copo para a transição e mostre a ele que você também toma no copo.
  • Terceiro- Fale em tom de animação sobre essa mudança.
  • Quarto- Seja paciente e carinhosa durante esse “trajeto”.

Importante: Não deixe de comunicar as mudanças ao pediatra – sobre a quantidade de vezes que o leite deve ser oferecido.

Programe-se para essa mudança

É difícil prever quando a criança vai deixar a mamadeira exatamente. Você pode traçar uma meta de um mês (seria o ideal), mas pode levar mais tempo. Planeje semana a semana as mudanças e note como seu filho reage.

Não desista e não volte no processo. É importante que você não “suma” com a mamadeira de repente. Diga que vai guardar ou faça-o guardar. Ele precisa participar dessa mudança!

Resista à tentação

Sim, ele pode regredir; pedir e até espernear. Você tem que ser forte para não ceder aos pedidos dele. Seja firme na decisão, lembre-se que a dentição do pequeno agradece esse posicionamento, ele não entende, mas você deve compreender! Não é maldade, é amar seu filho para que ele cresça bem.

Logo ele vai esquecer a mamadeira sem dificuldades. Portanto, persista com amor.


  • Add Your Comment

    *