Como guardar as roupas do bebê depois de lavadas?

Antes da chegada do bebê é importante deixar tudo providenciado, principalmente quando o assunto é a organização das roupinhas.

Confira algumas dicas que recomendamos para deixar esse processo ainda mais prazeroso e planejado:

Foto: Juniorsacademy

Foto: Juniorsacademy

Cabides

Coloque as roupinhas dispostas por tamanhos – da menor para a maior -, para que assim fique fácil ver o que está cabendo agora e posteriormente separar o que não couber mais.

Foto: Bluepeacock

Foto: Bluepeacock

As roupas que devem ficar penduradas são: Bodies mais arrumados, vestidos e macacões.

Se você gostar de tudo extremamente organizado, pode também separar por cores: amarelo, vermelho, azul, etc. (Veja o significado das cores das roupinhas para saída da maternidade).

O que deve ficar nas gavetas?

Você também pode separar cada gaveta pelos tamanhos das roupinhas. Assim, à medida que a criança se desenvolve fica fácil saber onde estão as roupas certas, sem perder muito tempo.

Foto: Freckleschick

Foto: Freckleschick

  • Na primeira gaveta podem ficar as roupas de tamanho RN e também as P.
  • Na segunda gaveta podem ficar as roupas tamanho M.
  • Já na terceira gaveta podem ficar as de tamanho G.

Quando o bebê não estiver mais usando as de tamanho RN e P, basta mudar as gavetas. Passe as de tamanho M para cima e suba também a que contém as de tamanho G, deixando as menores em última posição.

Leia mais: Cuidados especiais para as roupas do bebê

Nas gavetas podem ficar: Bodies, blusinhas, calças e pijamas.

Nas prateleiras do armário

Foto: Bargainblessings

Foto: Bargainblessings

Nas prateleiras devem estar:

  • Sapatinhos.
  • Tapetinho recreativo.
  • Bolsas.
  • Acessórios do bebê.
  • Algodão.
  • Lenço umedecido.
  • Fraldas de pano.
  • Pacotes de fraldas descartáveis.
  • Babadores.
  • Paninhos.
  • Pomadas.
  • Meias e luvas.

Em prateleiras mais distantes, você pode organizar:

Produtos que o bebê ganhou e só vai usar mais tarde.

  • Mamadeiras.
  • Copinhos.
  • Pratinhos.
  • Talheres.
  • Brinquedos.
  • Mordedores.

As roupas que também já não dão no bebê podem ficar separadas em uma parte específica do armário, para mais tarde você decidir se vai doar ou se vai guardar para um próximo bebê.

Outras ideias relacionadas têm relação com praticidade e cor! Você pode comprar cestinhas pequenas e baixas – que caibam dentro do armário ou da gaveta – e organizar alguns itens dentro delas, como medicamentos, pomadas, cotonetes, perfumes, lenços, etc.

Essa arrumação vai muito da sua criatividade.

E então, mamãe, como você costuma fazer para organizar os itens do seu bebê? Conte pra gente!