Gestação de 39 a 40 semanas – Principais sintomas e sinais

Nas semanas 39 e 40, a gestação já está chegando ao fim, e o dia de dar a luz está próximo. É muito normal que as futuras mamães fiquem ansiosas, mas elas devem se controlar e procurar deixar tudo em ordem, inclusive sua saúde.

Semana 39: como estão mamãe e bebê?

O bebê mede aqui cerca de 36 centímetros e pesa em torno de 3,2 quilos. O sistema imunológico continua se formando, mas os anticorpos da mãe chegam ainda ao pequeno pela placenta.

Na barriga, o bebê vai acumulando gordura, que será útil após o nascimento a se proteger do frio que faz fora do útero materno. A lanugem, pelo que cobria o corpo do bebê, já deve ter caído. No entanto, alguns costumam nascer com vestígios dos pequenos pelinhos nos ombros e testas.

A mulher também pode perceber o nascimento de alguns pelos a mais em locais como rosto, costas e mamilos – eles podem ser removidos, sem problema.

A gestante pode já começar a sentir algumas contrações, as chamadas contrações de Braxton Hicks, que não são doloridas ou frequentes, e ainda não indicam trabalho de parto.

 Leia ainda: Dicas para evitar e curar assaduras no bebê

O que acontece na semana 40?

Na semana 40 a mulher já deve começar a se prepara, pois a qualquer momento as contrações podem aumentar e o bebê pode chegar. Se elas se tornarem regulares, corra para o médico.

O bebê mede cerca de 39 centímetros e pesa 3,5 quilos.

Para o nascimento, o bebê libera corticóides que estimulam o trabalho de parto. A gestante deve já estar com suas malas e também as do bebê prontas para levar até a maternidade tudo o que vão precisar durante a estadia.

Para ajudar na preparação, as mulheres devem se alimentar bem e procurar descansar, sempre repondo as energias que serão necessárias em breve.

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*