Gestação de 37 a 38 semanas – Sintomas

O momento de dar a luz já está chegando: a mulher está em suas últimas semanas de gestação. Agora, ela deve estar preparada e calma, e ainda atenta aos sinais de que chegou o tão esperado momento. Veja a seguir as informações mais importantes sobre as semanas 37 e 38:

Leia ainda: Como arrumar a mala da maternidade: dicas e sugestões

O que acontece na semana 37?

As últimas semanas da gestação finalmente chegaram, e aqui a ansiedade da futura mamãe deve estar enorme – mas falta pouco para que ela conheça o rostinho de seu bebê. Se o nascimento acontecer aqui, o bebê não mais será considerado prematuro.

O bebê já apresenta sinais de maturidade, ele perde aqui todos os pelinhos que cobriam seu corpo e sua pele ganha aspecto normal. O pequeno agora não ganhará mais tanto peso, apenas 70 gramas por semana, aproximadamente.

Para a mulher, a respiração torna-se mais fácil, uma vez que o bebê já se moveu em direção à pélvis, tirando a pressão que fazia sobre o pulmão.

As visitas ao médico podem aumentar aqui, mas é fundamental que a gestante continue se cuidando, descansando e se alimentando corretamente. Como o parto está chegando e você receberá muitas visitas – bem como será fotografada – aproveite para cuidar do visual.

Sintomas da semana 38

A maioria dos bebês nasce na semana número 40, então esteja preparada, pois ele pode vir ao mundo a qualquer momento. O bebê pesa aproximadamente 3,1 quilos, e mede 47 centímetros.

A gestante deve ficar atenta aos sinais que podem indicar que o momento do parto chegou, como as contrações ritimadas, a cada 10 minutos com duração média de 1 minuto, ou ainda com o rompimento da bolsa e saída de líquido amniótico.

A mala da maternidade – da mãe e do bebê – já deve estar prontinha.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*