Gestação de 23 a 24 semanas – Confira o desenvolvimento

Durante as semanas 23 e 24 muitas mudanças importantes acontecem com o bebê, que está cada vez mais desenvolvido e pronto para nascer. Mais ainda falta um pouco para isso!

Quando a mãe sabe o que ocorre com seu filho pode interagir melhor com ele e tomar os cuidados necessários para seu crescimento saudável.

O que acontece na semana 23?

Na 23ª semana de gravidez o útero da mulher mede cerca de 22 centímetros, e sua barriga cresce cada vez mais, o que provoca estrias e coceiras. O indicado é utilizar óleos como o de amêndoas para estimular a elasticidade e evitar as indesejáveis marcas. As dores nas costas também podem estar mais frequentes, por isso evite saltos altos e ficar muito tempo na mesma posição.

Quanto ao bebê, importantes mudanças ocorrem. Os olhos dele começam a se mexer. Os movimentos são rápidos, como aqueles que ocorrem quando estamos dormindo.

Além disso, ele começa a ouvir sons com mais nitidez – em especial os mais graves – difere ritmos da voz e entende melodias. Comece a conversar mais com seu bebê e a cantar para ele também.

Neste período o pâncreas termina de se desenvolver e fica pronto para produzir insulina, hormônio que controla os níveis de glicose no sangue.

Leia ainda: Melhores cosméticos para usar na gestação

O desenvolvimento na 24ª semana

Os bebês começam a ficar mais ativos entre a semana 24 e a 28, você vai perceber que ele vai chutar e se mexer com maior frequência. Ele pesa aqui mais ou menos 480 gramas e mede 25 centímetros.

A pele do bebê é ainda muito fina, quase transparente, e aos poucos vai ganhando espessura e opacidade. Os olhos dele também já possuem uma retina quase totalmente formada. A íris também não possui cor, que vai começar a ser definida a partir daqui.

A partir de agora as mulheres devem redobrar a atenção para o parto prematuro. Alguns dos sintomas são cólicas menstruais fortes, dor na parte baixa das costas, contrações uterinas, pressão na pélvis. Se forem fortes e não passarem após descansar e tomar bastante líquido, entre em contato com seu médico.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*