Alimentos que causam cólica no bebê


Escrito por:

Categoria: Alimentação

bebe com colica

Muitas mães ficam assustadas quando a cólica aparece, pois o bebê sente muita dor e expressa isso por meio de um choro incessante. Elas oferecem alimento, verificam se a fralda está limpa, se o pequeno está com febre… mas não é nada disso.

Veja a seguir tudo o que você precisa saber sobre as cólicas, para ajudar seu bebê a se livrar delas:

As cólicas são normais?

As cólicas afetam a maioria dos bebês, e aparece por volta da segunda ou terceira semana de nascimento. Os bebês costumam ter as piores cólicas quando atingem seis semanas de vida, mas o problema começa a diminuir quando eles chegam aos três ou quatro meses.

As cólicas geralmente aparecem no final da tarde e início da noite.

Leia ainda:  Como Trocar A Fralda Do Bebê Corretamente

Como saber quando o bebê está com cólica?

Quando está com cólica, o bebê chora muito, intensamente, sem parar. As mães ficam com a impressão de que nada consegue acalmá-los.

Outros sintomas são o fato de ele encolher as perninhas e inclinar as costas para traz. O bebê pode ainda soltar gases.

Por que as crianças têm cólica?

Os médicos não sabem ao certo porque os bebês sofrem tanto com cólicas, mas algumas respostas são: sistema digestivo ainda imaturo, contrações intestinais desorganizadas quando ocorre a ingestão de leite; sistema nervoso também pouco amadurecido e sensível; dificuldade para eliminar seus gases.

Alimentos que causam cólicas

Nas crianças mais crescidas, sabe-se que chocolate, couve-flor, brócolis, cebola, alho e café causam gases, o que provoca cólica.

Como evitar a cólica?

Existem algumas maneiras de evitar gases, e conseqüentemente as cólicas. O bebê pode acabar ingerindo ar enquanto mama, então as mães devem sempre colocar os pequenos para arrotar.

Colocar uma bolsa de água morna ou pano umedecido com água morna também ajuda bastante. Massageie a barriguinha do pequeno e faça “ginástica” com suas perninhas (como se ele estivesse pedalando) e movimentos pressionando-as sobre o corpinho e depois esticando.

 




Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>